Um resumo sobre inovação social: Os principais links da semana

O texto desta sexta-feira (07) será um pouco diferente do que você está acostumado ver aqui no InovaSocial. Ao invés de falarmos sobre um determinado tema, escolhemos fechar a semana com um resumo do que aconteceu nos últimos dias. Uma curadoria de iniciativas, notícias, conteúdos e novidades relacionadas ao universo da inovação social. Confira a lista abaixo!

Inteligência artificial para prevenir incêndios florestais

Incêndios têm sido tema de discussão no cenário ambiental. Queimadas atingem o pantanal brasileiro e a perspectiva é que a situação só irá melhorar no verão. O inverno seco, especialmente nas áreas rurais, torna agravam os incêndios. Pensando nisso, a empresa global de consultoria e tecnologia Indra desenvolveu o Faedo, uma solução inovadora que pode detectar os menores focos de incêndios, mesmo sendo a dezenas de quilômetros de distância. O principal objetivo é fornecer uma ferramenta eficaz para sanar os danos cada vez mais rápido.

Isso é possível graças ao algoritmo do sistema, que é capaz de distinguir o fogo de outras fontes de calor, como o motor de um veículo ou o corpo de um animal, por exemplo. “O grau de precisão é o que torna este sistema único. Conseguimos minimizar os falsos alarmes, um desafio que esta tecnologia ainda enfrentava para ser realmente eficaz”, explica Hosain Badouch, chefe do Centro de Excelência em Segurança da Indra em León, onde a solução foi desenvolvida.

Para cumprir essa tarefa, torres equipadas com câmeras e infravermelho são implantadas em conjunto a sensores, que medem a quantidade de árvores impactadas por cada incêndio. Além disso, estações meteorológicas ajudam a conhecer com precisão o clima e a saber qual é o risco de incêndio de cada região. Uma vez identificado o possível foco de incêndio, o sistema envia um alerta à unidade de atendimento mais próxima, com coordenadas do local, vias de acesso mais rápidas e pontos de coleta de água. Também são enviadas informações relacionadas à temperatura, velocidade do vento, direção na qual o fogo se espalhará, comunidades que poderiam ser afetadas e pontos para controlar melhor a situação.

O próximo passo é implantar mais sensores, aproveitando as imagens captadas pelos satélites e incorporando drones de vigilância que permitem verificar se um alarme é falso ou real de maneira mais rápida. “Cada vez teremos mais dados em tempo real para monitorar as florestas e conseguir antecipar até o fogo, implementando medidas para evitar catástrofes”, afirma a companhia.

As florestas verticais mais exuberantes do mundo
Clique aqui e leia mais

3ª edição do Summit de Mobilidade Urbana (agora online e gratuito!)

Em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo, a 99 promove na próxima quarta-feira (12), a 3ª edição do Summit de Mobilidade Urbana. O evento, antes presencial, acontece pela primeira vez 100% digital e gratuito. Com o tema “Inovar para incluir: Novos caminhos para que as cidades sejam mais diversas e democráticas”, o evento é voltado para todos os interessados em mobilidade urbana, diversidade e inclusão e vai discutir como a mobilidade pode melhorar os espaços, aproximar as pessoas e tornar as cidades mais eficientes, acessíveis e democráticas. As inscrições para participar do Summit de Mobilidade Urbana 2020 podem ser feitas até 11 de agosto pelo site do evento ou diretamente neste link.

A edição deste ano contará com a apresentação de cases, painéis e debates sobre o tema ao longo de todo o dia. A programação começa às 9h30, com abertura do CEO da 99, Mi Yang, e palestra de Jean Liu, presidente da Didi Chuxing, maior empresa de mobilidade urbana do mundo e dona da 99. Jean abordará o tema “Reconectando as cidades após a Covid-19”, explicando como a chinesa DiDi está atuando no enfrentamento ao coronavírus e apoiando os países durante e pós-pandemia do ponto de vista da mobilidade urbana.

Estruturas impressas em 3D poderão ajudar na recuperação de corais
Clique aqui e leia mais

Fortalecendo os microempreendimentos liderados por mulheres

Com o objetivo de fortalecer a rede de apoio e conhecimento oferecida às microempreendedoras, o Instituto Consulado da Mulher, braço social da marca Consul, apresenta o movimento “ConeCtadas”. O projeto traz, por meio de lives semanais, conteúdo relevante, dirigido aos pequenos negócios, para a superação do cenário desafiador,além de abordar temas com foco em autoconhecimento e empoderamento feminino.

Ouça também o podcast: Microcrédito e empoderamento feminino, com Lilian Prado, da ONG Acreditar | Disponível também no Spotify e Apple Podcasts.

Desde julho, todas as semanas, especialistas de diferentes áreas compartilham conhecimento durante lives realizadas no canal do YouTube do Consulado e, quinzenalmente, é a vez das próprias empreendedoras assessoradas pelo Consulado usarem o canal como uma oportunidade de troca de experiências, conhecimentos e aprendizados no atual momento. Além disso, desde abril, uma série de conteúdos produzidos pelos educadores do Consulado da Mulher e publicados no IGTV da marca com dicas bem pensadas para seus consumidores interessados em empreendedorismo.

Vacinas e TikTok: A importância da inovação local
Clique aqui e leia mais

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail