100 Startups To Watch 2021: As empresas brasileiras mais inovadoras

100 Startups To Watch 2021: As empresas brasileiras mais inovadoras

Na última sexta-feira (04), a revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios apresentou a lista das 100 Startups to Watch 2021. A seleção, que acontece pelo quarto ano, traz as cem startups mais inovadoras e altamente escaláveis. Segundoa a revista, “este ano tem tudo para se tornar histórico para o ecossistema brasileiro de inovação. Apenas entre janeiro e maio, as startups captaram US$ 3,2 bilhões em aportes, o que representa 90% do que foi investido durante todo o ano de 2020. Também nesse período foram registradas 91 fusões e aquisições”.

Ainda segundoa a publicação, os dados do crescimento e amadurecimento do cenário são do Inside Venture Capital Report, relatório produzido pelo Distrito Dataminer, braço de inteligência da plataforma de inovação aberta Distrito. “Estamos num momento de muito otimismo, apesar da tragédia da pandemia”, diz Felipe Matos, presidente da Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Não é difícil entender por que essas empresas seguem com ótimo desempenho, apesar da instabilidade econômica do país. “O momento de crise pede agilidade, flexibilidade e inovação. E esse é o modelo mental seguido por todas as startups”, diz Matos para a PE&GN.

Com 2.063 startups inscritas, o processo de seleção e avaliação foi semelhante a edição anterior, onde também foram usados como critérios o grau de inovação, potencial de mercado, negócio, equipe e maturidade da solução. Assim como também ocorreu na última edição, da lista completa, o InovaSocial selecionou algumas startups inovadoras para comentar e apresentar aos nossos leitores, entre elas algumas que já apareceram por aqui e, até mesmo, participaram do nosso podcast. Confira abaixo algumas das 100 empresas brasileiras inovadoras!

Agronegócio

AgriConnected: Monitoramento de máquinas agrícolas por GPS e plataforma online | Site oficial
Agrotools: Plataforma de soluções digitais para o setor agrícola | Site oficial
DigiFarmz: Plataforma digital que auxilia produtores, técnicos e agrônomos | Site oficial
Grão Direto: Plataforma digital de compra e venda de grãos | Site oficial
IoTag: Aoluções de telemetria avançada de tratores, colheitadeiras e colhedoras de cana | Site oficial
Olho do Dono: Pesagem de bois com câmera 3D | Site oficial
Scicrop: Análise de dados para o setor agrícola | Site oficial
Solubio: Defensivo biológico para fazendas | Site oficial
TerraMagna: Crédito seguro para produtores rurais e distribuidores de insumos | Site oficial

É curioso observar como o agronegócio tem sido digitalizado e implementado soluções antes presentes apenas em outros setores, como análise de dados, câmeras 3D e plataformas digitais. Seja para diminuir os impactos no meio ambiente, como a Solubio, ou reduzir as distâncias entre o produtor e os canais de venda, o campo tende a ficar mais e mais tecnológico com o passar do tempo. No entanto, ainda existem inúmeros desafios. Leia mais em “Os desafios do agronegócio e a importância da fomentação de novos projetos focados na alimentação“.

Educação

Digital Innovation One: Plataforma digital de cursos grátis de tecnologia e inovação | Site oficial
Netshow.me: Soluções para gerenciar, distribuir e monetizar vídeos e conteúdos digitais | Site oficial
Workalove: Edtech focada na conexão de estudantes com o mercado de trabalho | Site oficial

Finanças

Accountfy: Plataforma digital de gestão financeira para empresas | Site oficial
Alter: Conta digital focada em altcoins | Site oficial
Bom Pra Crédito: Plataforma online de empréstimos | Site oficial
Celcoin: Maquineta no celular para vender recarga de celular, pagamento | Site oficial
Dootax: Plataforma digital para a simplificação do pagamento de tributos | Site oficial
Gyra+: Plataforma online de empréstimos para pequenas e médias empresas | Site oficial
Linker: Banco digital para empresas | Site oficial
Mercado Bitcoin: Plataforma de criptomoedas e ativos digitais | Site oficial
Pontte: Plataforma online de crédito e financiamento para mercado imobiliário | Site oficial
Predify: Sistema de inteligência artificial para precificação de produtos | Site oficial
QueroQuitar: Plataforma de negociação de débitos financeiros | Site oficial
Swap: Plataforma de permuta de produtos ou serviços | Site oficial
Ulend: Plataforma de empréstimos coletivos P2P | Site oficial
Z.ro Bank: Banco digital multimoedas | Site oficial

No setor de finanças, uma curiosidade é o aumento das plataformas multimoedas, ou seja, aquelas que além da moeda local, também trabalham com ativos em Blockchain (Bitcoin e outras Altcoins). Se na lista de 2020, as startups eram focadas em empréstimo, crédito e/ou bancos; na lista deste ano, vemos as fintechs adotando alternativas que fogem do formato bancário tradicional. O Mercado Bitcoin, por exemplo, umas das startups da lista, é a plataforma que negocia o utility token da Moss, a solução digital para créditos de carbono e que foi tema do nosso podcast número 68 (ouça abaixo).

Impacto

Aterra: Soluções estratégicas no processo de gestão e destinação de resíduos | Site oficial
Cubi Energia: Monitoramento e gestão de energia elétrica inteligente | Site oficial
GreenAnt: Monitoramento e inteligência de dados para o setor elétrico | Site oficial
Incentiv.me: Soluções para o ecossistema de leis de incentivo fiscal | Site oficial
Polen: Soluções para empresas apoiarem causas sociais | Site oficial
Simbiose Social: Plataforma que une patrocinadores e proponentes através inteligência de dados | Site oficial
Trashin: Coleta seletiva e gestão de resíduos em empresas e condomínios | Site oficial
YVY Brasil: Produtos de limpeza ecológicos | Site oficial

Na categoria Impacto, a primeira diferença é o aumento da lista. Em 2020 foram apenas 3 selecionadas e na lista deste ano o número quase que triplicou. Outra diferença é a diversificação dos selecionados. No ano interior, todas as startups eram soluções de tecnologia. Em 2021, continuamos tendo soluções digitais, mas também monitoramento para o setor elétrico, produtos de limpeza ecológicos e outros. Aliás, este último, foi tema do nosso podcast n. 59, “Consumo consciente e inovação com produtos naturais” (ouça abaixo), onde conversamos com Marcelo Ebert, CEO da YVY Brasil.

Por fim, duas curiosidade interessantes. O Polen, presente na lista, foi tema de um texto do InovaSocial em 2017 (relembre aqui). Na época, a empresa tinha como solução transformar comissões de vendas em doações. O projeto cresceu e, em 2021, aparece na lista como uma plataforma repleta de soluções. Além disso, na categoria Saúde e bem-estar (confira a lista completa das startups inovadoras aqui), o Zenklub, plataforma de desenvolvimento pessoal e bem-estar emocional, e tema do nosso podcast n.75, “Zenklub e a importância da terapia em tempos turbulentos” foi uma das selecionadas entre as startups inovadoras.

__

Créditos: Imagem Destaque tomes / Shutterstock