Totem: A energia solar sendo usada em prol da cidade

Totem: A energia solar sendo usada em prol da cidade

Alguns meses atrás, participei do lançamento de uma montadora e questionei o diretor sobre a vinda de carros elétricos para o Brasil. A resposta dele foi simples, mas nos faz pensar muito. “Antes de pensarmos em carros elétricos, precisamos pensar na nossa infraestrutura. De onde vem a nossa energia elétrica”.

Na época, São Paulo sofria com constantes quedas de energia devido a árvores e galhos que caíam nos fios de alta tensão. O problema não parava por aí, o país inteiro seguia na bandeira amarela da tarifa de energia elétrica. Ou seja, estávamos pagando mais caro que o normal (R$ 1,50 para cada 100 kWh de energia consumidos).

Essa indagação seguiu por meses, até que conheci a Totem Power. Uma empresa nova-iorquina que está desenvolvendo um sistema 3 em 1 para cidades inteligentes. O Totem, como é chamado o produto homônimo da empresa, é um sistema que combina captação de energia solar com armazenamento em baterias, para que ela seja utilizada em iluminação urbana, recarga de carros elétricos e pontos de comunicação WiFi e 4G.

Não sei se o Totem é a solução definitiva, mas com certeza é um passo na direção certa. Imagine um sistema como este substituindo os postes de iluminação. Teríamos pontos de recarga por toda a cidade (será o fim do posto de gasolina?), iluminação autossuficiente e sinal 4G de boa qualidade, já que teríamos mais antenas.

Mesmo que o custo de implantação seja alto, poderia haver um modo de pagar por recarga – um preço muito menor que o combustível fóssil – e o investimento, com certeza, se pagaria com os anos e com a baixa manutenção, comparado com uma rede elétrica tradicional. Isso sim, podemos chamar de cidade inteligente.

___
Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Mande uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para [email protected]