Clip: um dispositivo que transforma uma bicicleta comum em elétrica

Clip: um dispositivo que transforma uma bicicleta comum em elétrica
Clip: um dispositivo que transforma uma bicicleta comum em elétrica

Quando o designer de produto Somnath Ray passou a usar sua bicicleta para chegar ao trabalho, com o objetivo de reduzir sua pegada de carbono, a maior parte do trajeto foi fácil. Mas alguns trechos íngremes eram tão desafiadores que ele percebeu que esse detalhe poderia desencorajar outras pessoas de fazerem a mesma escolha de transporte. Pensando nisso, ele começou a trabalhar em uma tecnologia inovadora e simples ao mesmo tempo: um acessório que converte, temporariamente, qualquer bicicleta comum em uma bicicleta elétrica.

Sua invenção, que posteriormente passou a se chamar Clip, é um dispositivo que se conecta à roda dianteira de uma bicicleta e permite que o usuário acione um controlador conectado ao guidão para aumentar a velocidade de sua bicicleta enquanto pedala ladeira ou colina acima a uma velocidade máxima de 24 km/h. O dispositivo possui cerca de 3 kg, um motor de 450 watts, sendo pequeno o suficiente para caber em uma mochila, e sua bateria permite que o usuário pedale por cerca de 16 km a 24 km.

“Queríamos criar uma solução que as pessoas pudessem prendê-la à bicicleta com muita facilidade e, basicamente, removê-la quando chegassem ao seu destino”, diz Ray. Após o uso, o Clip pode ser recarregado normalmente e, em seguida, reconectado à bicicleta para uma nova viagem.


Leia também:Bicicleta e aplicativos: Qual o transporte mais seguro durante a pandemia?


As vendas de bicicletas cresceram rapidamente devido à pandemia (no Brasil, por exemplo, o setor teve um aumento de 110% em suas vendas), mas, mesmo em países em que a cultura da bicicleta é mais difundida, o preço de uma bicicleta totalmente elétrica e acessórios relacionados ainda é muito alto. O Clip, que estará no mercado estadunidense nos próximos meses e está disponível em pré-venda agora, será vendido por US$ 399. Além disso, o Clip não é tão pesado quanto os kits de conversão que precisam ser fixados permanentemente; então, caso o usuário queira utilizá-lo apenas para poucas viagens, é fácil deixá-lo em casa. A empresa também está negociando parcerias com empresas de compartilhamento de bicicletas, que poderão alugar o aparelho para assinantes, evitando despesas e dificuldades logísticas de adicionar bicicletas elétricas às suas frotas.

Para saber mais sobre o Clip, confira os vídeos abaixo: