3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia

Com a retomada das atividades em diversos pontos do mundo durante a pandemia do coronavírus, uma das primeiras preocupações é a necessidade de um transporte público mais seguro, onde o distanciamento social entre os passageiros seja possível.

Confira 3 projetos desenvolvidos por profissionais em Milão, Londres e Hong Kong, que repensam o transporte público para um cenário em que (mesmo em um futuro próximo) pensar na prevenção de futuras pandemias é essencial.

Arturo Tedeschi

O arquiteto italiano Arturo Tedeschi projetou um conceito de bonde para a cidade de Milão chamado Passerella, equipado com soluções discretas de distanciamento social.

Projetado como uma visão moderna do ATM Class 1500, que foi introduzido pela primeira vez na cidade em 1929, o Passerella reproduz o estilo e as proporções do primeiro modelo, de número 1503.

Juntamente com a atualização de seu visual, Tedeschi acrescentou tecnologias e adaptações para pós pandemia do coronavírus. Seu interior apresenta separadores de assentos individuais em acrílico e marcadores no chão, para sinalizar onde os viajantes devem ficar para manter uma distância segura entre si.

3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia
3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia

Arrival

A marca de veículos elétricos Arrival lançou um ônibus de emissão zero com o objetivo de viabilizar o transporte público em tempos de pandemia.

O ônibus possui vários recursos para garantir uma viagem segura, incluindo uma campainha sem toque e assentos removíveis, para facilitar o distanciamento social.

Os materiais e a forma como tudo está disposto dentro do veículo foram pensados para facilitar sua higienização, como as superfícies lisas e a estrutura que mantém os assentos suspensos.

Seu teto panorâmico e suas grandes janelas aumentam a entrada de luz natural, enquanto telas localizadas nas partes interna e externa do ônibus fornecem informações aos passageiros, como, por exemplo, a quantidade de assentos disponíveis.

Os passageiros podem acessar essas informações remotamente em seus smartphone e solicitar, antes de sair de casa, que um ônibus faça uma parada.

Segundo a  Arrival, que possui sua sede em Londres (Inglaterra), o veículo elétrico está pronto para entrar em produção.

3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia
3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia
3 projetos para um transporte público mais seguro pós pandemia

Ponti Design Studio

A empresa de design de produtos – fundada pela designer italiana Andrea Ponti, em Hong Kong – Ponti Design Studio criou um conceito para um bonde autônomo de dois andares com o objetivo de incentivar os residentes de Hong Kong a voltarem a utilizar o transporte público com segurança.

Ao incorporar tecnologia elétrica e sem condutor há mais espaço no interior do veículo, facilitando o distanciamento social entre os passageiros.

A Ponti também projetou paradas, que são abertas de ambos os lados, proporcionando uma ventilação melhor e um movimento mais ordenado dos viajantes.

Os pagamentos das viagens seriam feitos sem contato, nessas paradas e antes do passageiro embarcar no veículo, através do Octopus Card – um cartão inteligente que pode ser usado no metrô, ônibus, táxis, balsas e até mesmo em atrações turísticas.

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail