McPlant: O novo hambúrguer plant-based do McDonald’s

Segundo o ClimateWatch, a agropecuária é a segunda atividade que mais causa emissões de gases de efeito estufa – ficando apenas atrás do setor de energia –, produzindo 12,56% de todas as emissões do planeta.

Dentro desse cenário, a criação de gado é responsável pela maioria das emissões da produção agropecuária – mais de 70 bilhões de animais são criados anualmente, ao redor do globo, apenas para consumo humano.

As emissões de gases de efeito estufa causadas pela produção agropecuária se dividem em 6 setores, que podem ser vistos neste gráfico produzido pelo WRI para o artigo “5 perguntas e respostas sobre as emissões de gases de efeito estufa da agropecuária“:

McPlant: O novo hambúrguer plant-based do McDonald’s

Em um momento em que a sustentabilidade está cada vez mais em pauta do que nunca, empresas no mundo todo vêm buscando se adaptar a essa nova demanda, através do desenvolvimento de inovações para seus escritórios, lojas, serviços e produtos.

E a novidade da semana vem de um dos maiores compradores de carne do mundo todo: o McDonald’s, que anunciou o McPlant, seu novo hambúrguer à base de plantas – uma solução que faz parte de seus esforços para reduzir as emissões de gases de efeito estufa através do apoio à agricultura regenerativa.

Após um período de testes realizado no ano passado em restaurantes canadenses, o McPlant começará a ser testado em outros países no ano que vem.

O hambúrguer é resultado de uma cocriação entre o McDonald’s e a Beyond Meat, que focou no desenvolvimento um hambúrguer plant-based exclusivamente para a rede de fast food. 

Mas não é de hoje que o mercado das “carnes que não são carnes” vem chamando a atenção da empresa. Em maio de 2019, o sanduíche vegano Big Vegan TS foi lançado na Alemanha; e, meses depois, os testes do McPlant se iniciaram no Canadá. Enquanto isso, o McDonald’s vêm ganhando novos competidores à medida que marcas como  Beyond Meat, Impossible Foods, entre outras, vêm ganhando espaço no mercado de diversos países (vale lembrar que no Brasil também temos a Fazenda Futuro, que fez sua estreia no país em 2019 causando muita curiosidade). Além da nova concorrência, o McDonald’s também viu seu maior competidor lançando na frente (em 2019) um sanduíche composto por um hambúrguer à base de plantas: o Impossible Whopper, do Burger King – que aqui no Brasil ganhou o nome de Rebel Whopper.

Sem dúvidas esse lançamento mostra o potencial de crescimento do mercado de carnes plant-based e a tendência é que, cada vez mais, grandes marcas do setor de alimentação anunciem novidades envolvendo esse tipo de inovação. E nós estamos ansiosos para anunciar essas novidades no futuro e, mais do que isso: poder testá-las e ver sua evolução ao longo do tempo.

__

Créditos: Imagem Destaque – piyaphun phunyammalee / Shutterstock

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail