Setembro Amarelo: Quebrando os estigmas dos transtornos mentais

Setembro Amarelo é uma campanha de prevenção ao suicídio, criada pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, e seu objetivo é prevenir e reduzir o número de suicídios, através da disseminação de informação e da conscientização.

Todos os anos, no Brasil, são registrados cerca de 12 mil suicídios. No mundo, esse número passa de 1 milhão. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais que não foram tratados adequadamente ou sequer foram identificados ou acompanhados. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e do abuso de substâncias.

Os transtornos mentais e o suicídio ainda são questões cercadas de estigmas que precisam ser quebrados para que vidas sejam salvas. O preconceito é uma grande barreira que dificulta a prevenção e precisa ser desconstruído. Nós acreditamos que a informação é uma ferramenta poderosa, que pode ser usada para desmistificar diversas questões relacionadas aos transtornos mentais e ao suicídio. Como identificar e lidar com transtornos mentais? Como ajudar familiares e amigos queridos nessa jornada? 


Leia também:Uma carta ao antigo ‘eu’: Tudo vai melhorar


Hoje, confira uma seleção especial de vídeos e podcasts sobre o assunto, com informações de especialistas e histórias compartilhadas por pessoas que lidam com seus próprios transtornos mentais diariamente.

E, lembre-se: a depressão, a bipolaridade e outros transtornos mentais têm tratamento. Se você acha que está tendo problemas relacionados à sua saúde mental, busque a ajuda de um psiquiatra – esse é o profissional que poderá fazer o diagnóstico correto e recomendar o melhor tratamento para cada caso. Caso você queira conversar com alguém sobre o assunto, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida – CVV; ligando para o telefone 188, via chat ou por e-mail. E caso você conheça alguém que possa estar passando por alguma dificuldade, a incentive a buscar a ajuda.

Como diz Drauzio Varella no vídeo a seguir, que abre nossa seleção de conteúdos especiais do dia:

“Depressão não é frescura, nem sinal de fraqueza. Frases como ‘Vai passar.’ não ajudam o paciente com depressão. Trata-se de uma doença. É como se você disse “Você tem que reagir!” para um hipertenso e esperar que, por vontade própria, ele pudesse fazer a pressão arterial se normalizar.”

__

Nikki Webber Allen: Não sofra sua depressão em silêncio

Ter sentimentos não é sinal de fraqueza — eles nos fazem humanos, diz a produtora e ativista Nikki Webber Allen. Mesmo depois de ser diagnosticada com ansiedade e depressão, Webber Allen sentiu muita vergonha de contar para as pessoas, mantendo em segredo sua condição, até que uma tragédia familiar revelou como outras pessoas próximas dela também estavam sofrendo. Nesta importante palestra sobre saúde mental, ela fala abertamente de suas dificuldades – e por que comunidades de cor têm de se desfazer do estigma que interpreta a depressão, erroneamente, como uma fraqueza e impede os que sofrem de conseguir ajuda.

__

Jeremy Forbes: Como começar uma conversa sobre o suicídio

Há alguém em sua vida lidando com ansiedade, depressão ou pensamentos suicidas, mas tem muita vergonha de falar a respeito? Jeremy Forbes viu isso acontecendo ao seu redor e está agora em uma missão de ensinar as pessoas como iniciar uma conversa sobre o assunto. Nesta palestra profundamente pessoal, Forbes compartilha sua abordagem para ajudar um grupo de homens tradicionalmente calados de sua comunidade a se abrirem sobre seus esforços. “Todos nós podemos ser salva-vidas”, diz ele.

__

Sangu Delle: Não tenha vergonha de cuidar da sua saúde mental

Quando o estresse foi forte demais para o empreendedor Sangu Delle, ele teve que confrontar seu próprio preconceito de que os homens não devem cuidar de sua saúde mental. Em uma palestra pessoal, Delle compartilha como ele aprendeu a lidar com a ansiedade em uma sociedade que se sente desconfortável com emoções. Como ele disse: “Ser honesto sobre como nos sentimos não nos torna fracos; nos torna humanos.”

__

Esquizofrenoias

Sob o comando de Amanda Ramalho que convive com ansiedade social, depressão e transtorno bipolar desde muito nova, o Esquizofrenoias busca tratar de maneira leve, natural e sem tabus de assuntos relacionados à saúde mental.

  • Setembro Amarelo 2020 #1 Minha história não precisa ser a sua (Com Bruna Braga e Dra. Lais Kahtalian)
  • Emicida fala sobre saúde mental, mudanças diárias, infância, quarentena e racismo estrutural

Podcast Terapia

As angústias, aflições e transtornos da mente. E as melhores formas de enfrentá-los. SUPER se junta ao psiquiatra Alexandre Valverde para falar sobre saúde mental.

  • #3: Depressão

Entrementes

Podcast do Portal Drauzio Varella sobre saúde mental, criado para abordar de forma transparente e acolhedora um universo cercado de estigmas.

  • #01: Suicídio

Deixe uma resposta

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail