Cervejaria Goose Island recolhe mais de sete toneladas de vidro em bares de São Paulo

A Goose Island tem uma nova parceira no Brasil. Mas se engana quem pensa que a ideia é criar mais uma cerveja colaborativa. Dessa vez, ela entra em cena de olho na sustentabilidade, liderando uma iniciativa para incentivar a logística reversa e para ajudar a solucionar um dos principais problemas do bairro de Pinheiros, em São Paulo (SP): a dificuldade dos bares e restaurantes da região para descartar corretamente as garrafas e embalagens de vidro. Assim, ao lado da startup Green Mining, a cervejaria vai recolher todos esses recipientes para enviar ao centro de reciclagem da Cervejaria Ambev, no Rio de Janeiro.

goose-island-reciclagem-vidro-inovacao-social-inovasocial-01

Bairro natal do Brewhouse de Goose Island, localizado no Largo da Batata, Pinheiros se tornou um dos locais mais badalados da capital paulista. Mas com tantos bares e restaurantes, como fica o descarte de resíduos, ainda mais no Brasil, onde menos de 50% das garrafas de vidro são recicladas? Preocupada com as questões urbanas da região e por sua forte ligação com o local, a Goose Island tomou a iniciativa com um trabalho proativo de logística reversa desse material. Por meio da parceria com a Green Mining, um coletor, em uma bicicleta adaptada, percorre Pinheiros coletando as garrafas de vidro dos estabelecimentos parceiros e leva para uma central de recebimento no centro do bairro. A partir disso o material é encaminhado para a Fábrica de Vidros da Cervejaria Ambev, no Rio de Janeiro, onde é processado e transformado em novas garrafas.

Esse trabalho, iniciado em março, já vem dando resultados. Em cinco semanas, 35 bares e restaurantes foram impactados, e a iniciativa juntou mais de 7,8 toneladas de garrafas de vidro. Todo esse material, agora, vai ser reaproveitado da maneira correta. E para garantir o funcionamento eficiente dessa economia circular, um sistema de certificação é feito em todas as fases do processo garantindo que todo o material coletado chegue ao seu destino final de maneira correta.

“Goose Island tem uma grande ligação com o bairro de Pinheiros desde a inauguração do Brewhouse, em 2016. Temos desenvolvido diversas iniciativas para valorizar ainda mais o bairro, desde festas, como a Block Party, brassagem de cervejas com receitas exclusivas e até a criação do Guia de Pinheiros. Agora, queremos ajudar os bares e restaurantes da região em relação à reciclagem. O vidro é um material reciclável, mas muitos ainda têm dificuldades em descartá-lo corretamente. Nossa ideia é levar essa iniciativa para o maior número de estabelecimentos”, afirmou Thiago Leitão, gerente de marketing da Goose Island.

Green Mining e a Aceleradora 100+

A Green Mining é uma startup paulistana que desenvolveu um sistema de otimização de hubs para a coleta de vidro. Ela faz parte da Aceleradora 100+ da Cervejaria Ambev. A iniciativa, lançada globalmente em junho de 2018 pela AB Inbev, selecionou, em parceria com o Pacto Global da ONU, pequenos e médios empreendedores com propostas inovadoras e disruptivas para algumas das principais questões socioambientais da atualidade.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

 

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail