Papilio: Uma luminária urbana movida a energia eólica

Um estudante de design alemão chamado Tobias Trübenbacher desenvolveu uma luminária com turbina de vento integrada, que produz sua própria energia e apenas acende quando é preciso.

Papilio: Uma luminária urbana movida a energia eólica

Nomeada como “Papilio”,  a invenção de Tobias foi desenvolvida para reduzir a poluição luminosa e as emissões associadas à iluminação pública e mitigar seu impacto em humanos e animais, bem como no meio ambiente. A Papilio é ativada por movimento e usa o vento – uma fonte de energia renovável natural – para alimentar suas turbinas.

A luminária pode ser instalada em paredes ou em postes; e então, sua turbina converte a energia cinética do vento em energia mecânica, após isso um gerador integrado de 300 watts a transforma em eletricidade e a armazena em uma bateria recarregável.

Para chegar a um resultado final que unisse design e iluminação, Tobias Trübenbacher trabalhou em colaboração com um grupo de cientistas e pesquisadores. As cores quentes da luminária não chamam a atenção dos insetos e um sensor infravermelho é usado para que ela só seja ativada por movimento próximo, reduzindo sua contribuição para a poluição luminosa. 

“A poluição luminosa tem efeitos negativos não apenas para a saúde humana – como causar distúrbios do sono, depressão, doenças cardiovasculares, diabetes e câncer – mas também tem um sério impacto na flora e na fauna local”, explica Tobias. “Estima-se que atualmente só na Alemanha, em uma única noite de verão, cerca de 1,2 bilhão de insetos morrem por causa da iluminação das ruas.”

Se aplicada em escala, a Papilio pode ser uma solução que poderá iluminar cidades sem gerar emissões de carbono durante o processo. A capacidade da lâmpada de converter energia eólica em eletricidade também pode ser um grande benefício para áreas naturalmente ventosas. E uma vez que não requer nenhuma infraestrutura elétrica, a Papilio pode ser instalada em ambientes remotos ou locais onde as inovações de infraestrutura podem ter um custo mais alto.

Até o momento, Tobias testou dois protótipos funcionais da Papilio em Berlim. O projeto pode estar apenas no início, mas seu futuro é promissor. Para saber mais sobre a inovação criada por Tobias Trübenbacher, confira o vídeo a seguir.

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail