Moon Village: Uma moradia lunar feita de módulos infláveis

Moon Village: Uma moradia lunar feita de módulos infláveis

O estúdio de arquitetura SOM e a Agência Espacial Europeia divulgaram recentemente representações visuais do projeto Moon Village, uma moradia lunar feita de módulos infláveis.

Em uma maquete detalhada é possível ver uma proposta para uma coleção de unidades individuais de quatro andares localizadas na região do pólo sul da lua, que poderão funcionar como centros para pesquisas científicas.

Segundo a SOM, a Moon Village pode crescer com o tempo, evoluindo de um assentamento para pesquisa em comunidades prósperas que oferecem oportunidades mais amplas, como o turismo.

“Para a SOM, projetar a Moon Village significou criar um ambiente no qual os humanos serão capazes de prosperar a longo prazo”, diz o designer Daniel Inocente. “Este é um projeto centrado no ser humano.”

Os módulos são projetados para serem infláveis, de forma que possam ser comprimidos e transportados para a lua por um foguete, onde seriam expandidos para o tamanho real. Cada uma das unidades poderá ser construída em torno de um projeto estrutural híbrido que inclui uma estrutura de perímetro de liga de titânio rígido e um invólucro estrutural macio. Todo o projeto conta com uma camada de proteção contra micrometeoritos.

“Ao contrário de outros projetos infláveis, que colocam os sistemas mecânicos estruturais em seu centro, esta solução cria um interior aberto que permite condições ambientais otimizadas, distribuição e reciclagem de ar, bem como visibilidade, eficiência e mobilidade”, diz Georgi Petrov, diretor associado da SOM.

Os habitats foram desenvolvidos para serem localizados na região do pólo sul, pois é a área que recebe mais luz do dia durante o ano lunar, o que permitiria às unidades aproveitar a luz solar para obter energia.

O projeto da Moon Village também se propõe a encorajar a colaboração entre países e comunidades ao invés da competição. E, embora não haja um cronograma definitivo para o projeto, ele foi projetado para ser realizado com as tecnologias existentes e aquelas que surgirão no futuro próximo.

“Assim como a inovação da corrida espacial de meados do século nos trouxe uma tecnologia benéfica que de outra forma não teríamos, a Moon Village possibilitará a pesquisa e a inovação que ajudarão a resolver problemas urgentes aqui na Terra”, conclui Colin Koop, designer da SOM.

Além de fornecer um lugar habitável no espaço, Colin Koop também acredita que o projeto pode oferecer uma visão diferente sobre como poderíamos construir assentamentos mais adaptáveis ​​na Terra no futuro.

“Projetar um assentamento autossustentável na lua em um ambiente tão hostil nos ensinará lições valiosas sobre design sustentável”, diz Colin.