A’seedbot: um robô autônomo que planta sementes em terrenos desérticos

A’seedbot: um robô autônomo que planta sementes em terrenos desérticos

Criado como um projeto de graduação de Mazyar Etehadi, aluno do Instituto de Design e Inovação de Dubai, A’seedbot é um robô autônomo que planta sementes “manualmente” em terrenos desérticos. A invenção do estudante tem com o objetivo final transformar um terreno arenoso inabitável em uma paisagem verde.

O A’seedbot se movimenta de forma autônoma durante o dia, extraindo energia dos painéis solares localizados na parte de cima do robô. Sua jornada todas as manhãs, com seus “pés” o guiando pela areia com seus, enquanto sua extremidade traseira o ajuda a plantar sementes no terreno macio.

“O robô é equipado com painéis solares que são carregados durante o dia e permitem que ele continue com seu trabalho à noite para identificar áreas férteis, reportá-las e plantar sementes a partir dos dados recuperados de seus sensores e sistema de navegação”, explica o designer Mazyar Etehadi.

Além de possuir um objetivo muito interessante, a forma como o A’seedbot foi projetado dá uma função para todo o seu pequeno corpo. Ele pode ser separado em 3 partes: Ver, Navegar e Plantar.

Dois sensores de ultrassom localizados na parte da frente permitem que o robô avalie o terreno que está diante dos seus “olhos”, enquanto uma cabeça móvel permite que ele olhe em várias direções para escolher o caminho certo. Uma vez decidido o caminho do plantio, as pernas em forma de remo ajudam o A’seedbot a se mover para frente e até mesmo a mudar de direção. Por último, a extremidade do robô fica encostada ao solo, empurrando imediatamente as sementes na areia onde ele julgar necessário.

Além de o ajudar a entender o terreno, decidir os locais para plantar semente, sua unidade de processamento interno também o ajuda a monitorá-los a cada poucos dias; enquanto os painéis solares no topo ajudam o robô a sentir o quão forte é o sol, ao mesmo tempo que também fornece energia, que fica armazenada na bateria interna do A’seedbot.

Apesar de ser apenas um projeto em fase inicial, criado por um estudante, a utilização em massa desses robôs teria o potencial de ajudar a cultivar partes de um deserto, transformando-os em oásis de vegetação. Para saber mais sobre a invenção do jovem Mazyar Etehadi, clique aqui.