Countdown: Nós podemos mudar a mudança climática?

Countdown é uma iniciativa global promovida pelo TED para apoiar e acelerar soluções para a crise climática. O lançamento do projeto aconteceu em um evento virtual e, hoje, todas as conversas que passaram por seu “palco virtual” estão disponível na plataforma de vídeos do TED, com legendas em português disponíveis.

Apresentações e conversas desenharam como podemos ter um futuro saudável, abundante, cortando as emissões de gases de efeito estufa pela metade até 2030 na corrida para um mundo com zero de carbono; combinando ideias de impacto baseadas em pesquisas, ciência de ponta e momentos de admiração e inspiração. 

Além de seu conteúdo enriquecedor, o evento também é uma preparação para a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, que acontecerá em novembro 2021.

A programação do Countdown contou com mais de 50 peças de conteúdo – palestras, performances, animações e muito mais. E os palestrantes abordaram tópicos como:

  • Ciência do clima e a crise climática: onde estamos hoje?
  • Por que a justiça climática é importante
  • Colocar o clima de volta na agenda política e social
  • O que as empresas podem fazer – e estão fazendo – para transformar e fazer a transição
  • Repensando nossas cidades
  • Intensificação no trabalho e em casa

Para conferir todos os conteúdos, clique aqui. E, abaixo, confira uma seleção especial do InovaSocial, com nossos conteúdos favoritos.

Por que o mundo está aquecendo?
Por que 1,5 grau faz diferença?
Para onde vai todo o carbono que liberamos?
O que é emissão líquida zero?
Por que agir agora?
As cidades estão impulsionando a mudança climática. Aqui está como elas podem consertar isso

As cidades bombeiam 70% de todas as emissões globais de carbono, o que significa que elas também têm a maior oportunidade de reduzir os níveis de CO2 e o consumo de energia. A cientista climática e de dados Angel Hsu compartilha como as cidades ao redor do mundo estão liderando a resposta à mudança climática inovando novos estilos de vida com baixo teor de carbono.

Dez anos para transformar o futuro da humanidade ou desestabilizar o planeta

“Pela primeira vez, somos forçados a considerar o risco real de desestabilizar todo o planeta”, diz o estudioso de impacto climático Johan Rockström. Numa palestra apoiada por animações vívidas da crise climática, ele mostra como 9 dos 15 grandes sistemas biofísicos que regulam o clima, do pergelissolo da Sibéria às grandes florestas do Norte à floresta amazônica, estão em risco de alcançar pontos de inflexão, o que poderia tornar a Terra inabitável para a humanidade. Escute o plano dele para colocar o planeta de volta ao caminho da sustentabilidade nos próximos dez anos, e proteger o futuro de nossas crianças.

A cidade de 15 minutos

Viver em uma cidade significa aceitar um certo grau de disfunção: longos deslocamentos, ruas barulhentas, espaços subutilizados. Carlos Moreno quer mudar isso. Ele defende a “cidade de 15 minutos”, em que seus habitantes têm acesso a todos os serviços que precisam para viver, aprender e ter sucesso na sua própria vizinhança, e compartilha ideias para transformar e adaptar as áreas urbanas para humanos, e não o contrário.

Para salvar o clima, precisamos reimaginar o capitalismo

“Os negócios estão em apuros se não pararmos as mudanças climáticas”, diz a economista Rebecca Henderson. Nesta palestra audaciosa, ela descreve como o capitalismo desenfreado desestabiliza o meio ambiente e prejudica a saúde humana, e defende que as empresas devem se esforçar mais e ajudarem a resolver a crise climática que estão causando. Entenda como poderia ser um capitalismo reimaginado, no qual as empresas pagam pelos danos que causam ao clima.

A energia que a África precisa para se desenvolver e lutar pelas mudanças climáticas

A divisão entre os que têm energia e os que não têm energia é gritante, e seus caminhos em direção a um futuro com emissão zero de carbono não são idênticos. Nesta palestra transformadora, a pesquisadora em energia Rose M. Mutiso defende a priorização das necessidades da África em relação ao que resta do orçamento de carbono para garantir seu crescimento e gerar uma pegada de carbono global menor.

Como as cidades estão desintoxicando os transportes

Pessoas de todo o planeta estão exigindo ar puro, e as cidades estão começando a reagir a essa demanda, diz Monica Araya, uma defensora da eletrificação. Ela nos conduz por áreas urbanas do mundo que estão se dedicando a eletrificar completamente seus sistemas de transporte durante a próxima década, mudando para motocicletas, carros, ônibus, balsas e alternativas livres de emissões. Entenda como seria um futuro sem motores de combustão interna, e o que é necessário para chegar lá.

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail