3 milhões de árvores: Em breve, Milão terá mais árvores que pessoas

Em breve, haverá mais árvores do que pessoas na cidade de Milão. O prefeito Giuseppe Sala embarcou em um plano ambicioso para plantar 3 milhões de árvores na cidade italiana – que possui 1,3 milhão de habitantes e é mais conhecida pela indústria do que pelas maravilhas naturais.

Durante o último um ano e meio, a cidade de Milão tem trabalhado com a Bloomberg Associates, uma consultoria sem fins lucrativos criada por Michael Bloomberg com o objetivo de ajudar cidades do mundo inteiro. A organização trabalha com os governos locais em disciplinas como marketing, integridade municipal, sustentabilidade, gestão de ativos culturais, planejamento urbano, mídia, digital, tecnologia, transporte e serviços sociais. Em Milão, o relacionamento abrange cerca de dois terços dessas disciplinas, incluindo a criação de novas praças públicas.

Uma questão particularmente importante para o prefeito de Milão é fazer sua parte para enfrentar a crise climática em nível local. “Estamos investindo em transporte público, limitando o número de carros e trabalhando no sistema de aquecimento, mas ainda temos um longo caminho pela frente”, diz ele. “Já estávamos nesse caminho, mas com o apoio da Bloomberg Associates, estamos vendo resultados maravilhosos”.

É aí que as árvores entram. O plantio de 3 milhões de árvores até 2030 ajudará a resfriar os bairros, irá melhorar a qualidade do ar e irá também melhorar os espaços públicos. Tudo faz parte de plano de Giuseppe para tornar a cidade mais verde, aumentando absurdamente a taxa de plantio, já que a Comune di Milano planta tradicionalmente cerca de 15 mil árvores que a cada ano. Embora as árvores tenham historicamente sido localizadas principalmente em parques, pátios e áreas de propriedade privada, o plano idealizado pela Prefeitura e pela Bloomberg Associates acelera o plantio estratégico de árvores para focar nos bairros onde as temperaturas são mais altas. Para direcionar com precisão esses pontos, foram usadas imagens de satélite para criar um mapa de calor detalhado, que identifica as partes mais quentes da cidade. Seus esforços de plantio de árvores agora visam esses lugares ais quentes, particularmente as chamadas partes “cinzas” da esfera pública, como ruas, calçadas, estacionamentos e espaços pavimentados.

“Não é fácil, é claro”, diz o prefeito Giuseppe, “mas é fundamental”.

Além de plantar árvores, a cidade está usando ônibus elétricos e expandindo o plano de tarifação congestionamento da cidade após experimentar uma redução de 40% no tráfego desde que o plano foi implementado, sete anos atrás.

O plantio de árvores não é o único projeto no qual a Bloomberg Associates está trabalhando com a cidade de Milão. A cidade está se distanciando da manufatura tradicional em direção ao design, tecnologia e turismo, que dobrou para 9 milhões nos últimos anos, e espera sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026. Para ajudá-los a alcançar seus objetivos, a Bloomberg Associates está redesenhando e abrindo mais de 5.000 m2 de espaço público para melhorar a tranquilidade e a segurança das ruas dos bairros, bem como aumentar a vida social dos moradores e criar uma nova agência público-privada para atrair visitantes, eventos, investimentos, estudantes e talentos, a fim de estimular a criação de empregos e o crescimento econômico.

“Para nós, é fundamental compartilhar experiências e aprender com outras cidades do mundo”, diz Giuseppe. “É importante estarmos abertos à discussão”.

Giuseppe está chegando perto do final de seu mandato de cinco anos e está decidindo se quer ou não se inscrever para uma reeleição. Para ele, se deixar o cargo e seu legado consistir em nada além desses milhões de árvores, ele ficaria muito orgulhoso disso.

Enquanto as 3 milhões de árvores ainda não estão plantadas, Milão conta com um jardim vertical de tirar o fôlego, o Bosco Verticale, criação do arquiteto Stefani Boeri, confira:

__

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Créditos – Imagem Destaque: Shutterstock

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail