A Palavra do Ano de 2019 é “emergência climática”

Emergência climática.

Segundo o Dicionário Oxford, essa é a Palavra do Ano, em 2019, destacando as crescentes evidências das mudanças climáticas, os esforços que pessoas ao redor do mundo estão fazendo para reduzir suas próprias pegadas de carbono e o aumento da cobrança aos líderes mundiais para a tomada de medidas urgentes, a fim de evitar danos potencialmente irreversíveis. Em 2018, a palavra do ano foi “tóxico”; em 2017, foi “terremoto”; e, em 2016, “pós-verdade”.

emergencia-climatica-dicionario-de-oxford-palavra-do-ano-2019-inovacao-social-inovasocial-01

A definição de emergência climática é “uma situação em que são necessárias ações urgentes para reduzir ou interromper a mudança climática e evitar danos ambientais potencialmente irreversíveis resultantes dela”.

Em seu anúncio oficial, o Dicionário Oxford explica que a Palavra do Ano é uma “palavra ou expressão que reflete o comportamento, o humor ou as preocupações do ano que passa e tem potencial duradouro como termo de importância cultural”.

Os dados de do Dicionário Oxford mostram que houve um aumento de 10.796%, ano a ano, no uso do termo “emergência climática”. O pico do mês de setembro coincide com a 73ª Assembleia Geral da ONU, que aconteceu em Nova York e contou com a presença de Greta Thunberg, a ativista sueca de 16 anos que inspirou protestos ao redor do mundo.

No início deste mês, mais de 11.000 cientistas de todo o mundo assinaram um alerta que ressalta a emergência climática no planeta e a urgente necessidade de ações para combater as mudanças climáticas, que podem levar a um “sofrimento incalculável”, a menos que sejam tomadas medidas para reverter rapidamente o problema.

Greta Thunberg, como muitas outras pessoas, deixou de viajar de avião com o objetivo de reduzir suas contribuições para as emissões de gases do efeito estufa – uma prática que passou a ser conhecida como “flight shaming”. A banda Coldplay anunciou este ano que não lançaria uma turnê mundial até descobrir como fazê-la de uma forma mais sustentável.

Os EUA, no início deste mês, começaram o processo de saída do Acordo Climático de Paris, que foi estabelecido com o objetivo de manter o aumento da temperatura média global abaixo de 2 ºC em relação aos níveis pré-industriais e garantir esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5 ºC. O processo de retirada de um ano será concluído em 4 de novembro de 2020 – um dia após a próxima eleição presidencial.

Segundo o Dicionário de Oxford, “emergência climática” foi o termo relacionado a “emergência” mais escrito em 2019. Ele foi usado três vezes mais que “emergência de saúde”, a segunda palavra do ranking. A palavra “clima”, ou temas relacionados ao clima, também aparecem com destaque na lista de palavras preferida, confira a lista completa dos termos e palavras mais falados e escritos em 2019:

Ação Climática: Ações tomadas por um indivíduo, organização ou governo para reduzir ou neutralizar a emissão de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa, a fim de limitar o efeito do aquecimento global no clima da Terra.

Crise climática: Situação caracterizada pela ameaça de mudanças altamente perigosas e irreversíveis no clima global.

Negação climática: A rejeição da ideia de que as mudanças climáticas causadas pela atividade humana estão ocorrendo ou que constituem uma ameaça significativa ao bem-estar e à civilização humana.

Ansiedade ecológica: Extrema preocupação com os danos atuais e futuros ao meio ambiente causados pela atividade humana e pelas mudanças climáticas.

Ecocídio: Destruição do ambiente natural por ação humana deliberada ou negligente.

Extinção: Fato ou processo de total desaparecido de uma espécie, família ou outro grupo de animais ou plantas.

Flight shaming: Relutância em viajar de avião ou desconforto em fazer isso, devido à emissão prejudicial de gases de efeito estufa e outros poluentes, causados por aeronaves.

Aquecimento global: Aumento da temperatura da Terra, causado pela retenção do calor irradiado de sua superfície (efeito estufa), em consequência do acúmulo de gases, principalmente de dióxido de carbono; a poluição intensifica esse processo: o degelo dos polos e o aumento do nível do mar são consequências do aquecimento global.

Net-zero: Objetivo de negativar completamente a quantidade de gases de efeito estufa produzida pela atividade humana, através da redução de emissões e implementação de métodos de absorção de dióxido de carbono da atmosfera.

Plant-based (À base de plantas): Alimento (ou dieta) que consiste basicamente de vegetais, grãos, leguminosas ou outros alimentos derivados de plantas, em vez de produtos de origem animal.


Para conferir os dados e gráficos no anúncio oficial da palavra do ano, clique aqui.


Créditos: Imagem Destaque – Alexandros Michailidis / Shutterstock

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail