Comida de laboratório: Bilionários estão investindo em uma nova forma de produzir carne

carne-laboratorio-memphis-meats-01

Ao mesmo tempo que a Amazon anunciou a compra da rede Whole Foods Market, aparentemente, Bill Gates e Richard Branson (fundadores da Microsoft e do Grupo Virgin, respectivamente) também estão decididos a investir seu dinheiro no ramo alimentício. E a nova empreitada dos bilionários já tem nome e sobrenome: Memphis Meats, uma empresa baseada em São Francisco (Califórnia, EUA), que está produzindo carne a partir de células-tronco. A start-up faz parte de um movimento em fase de crescimento chamado “carne limpa”, que tem a intenção de produzir uma variedade de carnes de forma sustentável, criando os alimentos em laboratório e usando apenas células animais, sem precisar matá-los durante o processo.

carne-laboratorio-memphis-meats-03

Bill e Richard, com o suporte de grandes nomes como Kimbal Musk (sim, irmão de Elon Musk!) e Kyle Vogt, cofundador da Cruise, investiram US$ 17 milhões na empresa. Com um processo similar ao de outras empresas do mesmo tipo, que surgiram recentemente, a Memphis Meats tem o objetivo de criar carne bovina, de frango e de pato, que podem ser produzidas apenas usando 1% do terreno e 10% da água necessários para criar animais para o abate. A Memphis Meats já produziu hambúrgueres, almôndegas e carne de pato em sua cozinha-laboratório.

A empresa está competindo em um mercado em crescimento: a Impossible Foods e a Beyond Meat estão produzindo carnes à base de vegetais; e a Hampton Creek, que é conhecida por sua maionese sem ovos, também está planejando vender no Walmart sua carne produzida em laboratório.

carne-laboratorio-memphis-meats-02

O grande problema que todas essas empresas vão enfrentar é o quão caro o processo de criar carne em laboratório pode ser. A Mosa Meat, uma empresa holandesa, desenvolveu em 2013 seu primeiro hambúrguer feito à base de células tronco. O preço dessa produção foi de US$ 330.000,00, e o valor foi financiado por Sergey Brin, CEO do Google. Anos depois, o valor diminuiu, mas continua muito caro. Com um custo de US$ 40.000,00 por quilo, a Memphis Meats vai precisar encontrar uma forma de cortar os gastos para poder realizar uma produção em larga escala.

E você? Comeria carne produzida em laboratório? Conte para nós nos comentários!

Para saber mais sobre a Memphis Meats, acesse seu site oficial e assista ao vídeo abaixo:

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail