Champs-Élysées ganhará “reforma verde” até as Olímpiadas de 2024

Champs-Élysées ganhará “reforma verde” até as Olímpiadas de 2024

Construída em 1670, a avenida Champs-Élysées é um importante símbolo para a França. Hoje, ela é cenário de diversos eventos históricos e comemorações, como o desfile de aniversário da Queda da Bastilha, o Tour de France, bem como importantes protestos.

Recentemente, Anne Hidalgo, prefeita de Paris, anunciou ao Journal du Dimanche, que toda a Champs-Élysées será transformada em um “jardim extraordinário”. Os planos de Anne para tornar Paris uma cidade mais verde englobam outras medidas como: telhados verdes, a maior fazenda urbana do mundo, instalada em um terraço parisiense. A prefeitura de Paris também fechou permanentemente duas ruas principais ao longo do rio Sena e criou uma grande infraestrutura para ciclistas e pedestres.

Os 2km entre o Arco do Triunfo e a Place de la Concorde receberão áreas verdes em um projeto dividido em etapas. As obras começarão na Place de la Concorde e, em seguida, percorrerá cada área da avenida, até a transformação em volta do Arco do Triunfo. Segundo Anne Hidalgo, todo o projeto prioriza os pedestres e ciclistas, sem excluir os carros dessa equação.

Além de transformar a Champs-Élysées em um jardim gigantesco, Anne Hidalgo pretende realizar mais projetos sustentáveis pela cidade, como obras de renovação no Trocadero, na Torre Montparnasse e na Torre Eiffel, transformando ruas em áreas cheias de gramados e árvores. Tudo isso deve ficar pronto antes que o mundo chegue a Paris para os Jogos Olímpicos de 2024. Para saber mais sobre do projeto da Champs-Élysées, confira o vídeo e as imagens abaixo: