Falar sobre Inovação Social é reconhecer privilégios diariamente

Falar sobre Inovação Social é reconhecer privilégios diariamente

Inovação é um dos meus assuntos favoritos. Gosto de olhar para o passado e ver como tudo mudou até chegar ao que conhecemos hoje. E obviamente gosto, também, de olhar para o futuro. Eu, que já tinha como assunto de minha rotina projetos inovadores gigantescos, me vi diante do desafio de falar aqui sobre Inovação Social, trazendo diariamente a vocês cases interessantes e reflexões importantes sobre o assunto. Com esse breve tempo de produção de conteúdo, conheci cada vez mais projetos que muitas vezes visam resolver problemas que não fazem parte da rotina de alguém como eu, uma pessoa mais privilegiada do que eu imaginava que era. Pesquisar e falar mais sobre Inovação Social me fez colocar os pés no chão e ver como a inovação não está só em um grande plano para colonizar Marte, por exemplo, mas ela também está em um gadget que cabe na palma da minha mão e pode até salvar uma vida (como o Nima, que identifica em questão de segundos a presença do glúten em alimentos e é uma invenção maravilhosa para celíacos).

A Inovação Social está nas “pequenas-grandes” coisas. Está em uma fonte criada para que pessoas com dislexia possam ler melhor, está no aplicativo que permite que pessoas com deficiência visual possam ter mais autonomia em sua rotina, está em um simples banho e em centenas de outros projetos criados por pessoas ao redor do mundo que buscaram a solução para problemas que podem até parecer simples para mim, mas que significam o mundo para outras pessoas.

Falar sobre Inovação Social aqui todos os dias me fez abriu meus olhos para um mundo além da minha bolha e reconhecer pequenos privilégios que eu nem sabia que tinha.

Fiquem aqui com alguns dos cases que passaram por aqui e mudaram a vida de pessoas, buscando a solução de problemas de forma simples e inovadora.

___
Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Mande uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para [email protected]