Programa do Lab replicará iniciativas climáticas de sucesso no Brasil

Programa do Lab replicará iniciativas climáticas de sucesso no Brasil

O Laboratório Global de Inovação para Finanças Climáticas (o Lab) lançou um programa para apoiar a replicação de iniciativas de sucesso em novos mercados e setores a partir do seu próprio portfólio. O novo programa fornecerá suporte técnico para o desenvolvimento de estratégia e modelo de negócios para expandir o impacto de iniciativas anteriormente incubadas pelo Lab que estão prontas para avançar.

O Lab é uma iniciativa liderada por investidores, que incuba soluções promissoras para atrair investimentos para ações em mudanças climáticas. Em seis anos, o Lab lançou 49 instrumentos financeiros que já mobilizaram US$ 2,45 bilhões para projetos em economias emergentes.

Os membros do programa avaliaram e selecionaram três instrumentos do seu portfólio que receberão apoio em 2021 para replicação no Brasil e na Índia. Os dois países foram selecionados não apenas por seu potencial de mercado, mas também para alavancar os programas regionais do Lab e se beneficiar de uma rede pronta de partes interessadas, incluindo investidores públicos e privados.

No Brasil, duas iniciativas foram selecionadas para replicação.

O Cloud Forest Blue Energy Mechanism, desenvolvido em 2017 por Conservation International e The Nature Conservancy, permite que usinas hidrelétricas paguem por benefícios mensuráveis do ecossistema fornecidos pelas florestas em sua bacia hidrográfica. Aproximadamente 70% da matriz energética brasileira é de base hídrica, mas ainda assim, nenhum instrumento financeiro incentiva a restauração e preservação de bacias hidrográficas.

Já o Green Receivables Fund (Green FIDC), da Albion Capital, levantou US$ 50 milhões para projetos de energia limpa e eficiência energética no Brasil, garantindo financiamento com base em fluxos de caixa futuros de vendas de energia. Agora, a mesma estrutura, que foi desenvolvida pelo programa do Lab em 2017, será aplicada a um novo setor.

Na Índia, Cooling as a Service (CaaS), da turma de 2019 do Lab, é um modelo de pagamento por serviço para incentivar a adoção de serviços de refrigeração mais limpos e com eficiência energética. O modelo, proposto por BASE e K-CEP, permitirá que pequenos agricultores façam escolhas eficientes de armazenamento refrigerado com base na ciência de dados por meio de um aplicativo de celular.

“O programa Lab emergiu como um dos programas de aceleração mais bem-sucedidos no espaço de financiamento do clima na Índia, promovendo uma miríade de tecnologias e negócios na arena da mudança climática. Temos uma grande necessidade de armazenamento refrigerado e claramente o instrumento escolhido para replicação tem um enorme potencial para abordar várias oportunidades de mercado”, disse Sanjeev Aggarwal, membro do Lab e CEO da Amplus Energy Solutions.

Para saber mais sobre as três iniciativas selecionadas, confira os vídeos a seguir.

Cloud Forest Blue Energy MechanismCloud Forest Blue Energy Mechanism
Green Receivables Fund (Green FIDC)Green Receivables Fund (Green FIDC)
Cooling As a Service CaaSCooling As a Service CaaS

__

Créditos: Imagem Destaque – Gustavo Frazao / Shutterstock