Acelera Cerrado quer fortalecer OSC para conservação do Cerrado brasileiro

Acelera Cerrado quer fortalecer OSC para conservação do Cerrado brasileiro

Conhecido como a savana brasileira, o Cerrado possui uma grande biodiversidade e é o 2º maior bioma do Brasil e da América Latina. O território abrange cerca de 22% do Brasil e conta com uma variedade de tipos de solo, clima e relevo. Mas, apesar de tantos fatos positivos, o Cerrado também é o segundo bioma mais ameaçado no país.

Diante desse cenário, o Impact Hub Brasília criou o Acelera Cerrado, um programa totalmente gratuito e online, que irá realizar atividades de capacitação para 40 Organizações da Sociedade Civil (OSC) que trabalham para a conservação do Cerrado brasileiro, com o objetivo de fortalecer suas capacidades de gestão e de atingir resultados positivos relacionados à missão e propósito de cada uma. 

O programa conta com a parceria do Impact Hub Curitiba e apoio e financiamento do Fundo de Parceria Para Ecossistemas Críticos (CEPF), Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), Instituto humanize, Instituto Nova Era e Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A aliança pela conservação do Cerrado deseja aprimorar as condições técnicas e de gestão das organizações da sociedade civil no Cerrado, fortalecendo-as para a proposição, execução e gerenciamento de projetos com foco na conservação e uso sustentável da biodiversidade no hotspot incentivando o empreendedorismo e negócios de impacto socioambiental e fortalecendo a gestão das Organizações da Sociedade Civil (OSC).

A metodologia norteadora do programa é a Teoria U, que propõe que a qualidade dos resultados que um sistema social cria depende da qualidade da consciência dos participantes que operam nele. Além de conduzir os representantes das 40 OSC em uma Jornada U, o Acelera Cerrado também irá utilizar outras ferramentas de inovação e liderança, como Teoria da Mudança, Art of Hosting e Comunidades em Práticas.

O Acelera Cerrado acontecerá de junho de 2021 a fevereiro 2022, contando com dois encontros semanais – com duração entre 2h e 4h, no período da manhã –, além de atividades solicitadas pelos especialistas, com uma dedicação semanal estimada em cerca de 10 horas.

Para se inscrever, a organização deve:

  • Tratar-se de organização sem finalidade lucrativa (Associação, Instituto ou Fundação) ou Cooperativa Social (enquadradas na Lei nº 9.867, de 10 de novembro de 1999);
  • Ter no mínimo um ano de existência formal, comprovável através do CNPJ, Estatuto ou Ata de constituição;
  • Ser capaz de demonstrar que desenvolve atividades com foco na conservação do cerrado, através da apresentação de documentos, como artigos, imagens, contratos, website etc.;
  • Disponibilidade de ao menos 1 (um) representante da organização, com poder de tomada de decisão (exemplo: presidente, gestor ou gestora, diretor ou diretora geral), cujos responsáveis legais sejam maiores de 18 anos, com possibilidade de dedicação semanal de 10h por toda a duração do programa.

As inscrições para o processo de seleção do Acelera Cerrado vão até 09 de maio de 2021 e devem ser realizadas no site oficial do programa. Após isso, haverá uma  avaliação interna realizada pelo comitê de seleção e entrevistas com as organizações pré-selecionadas. A divulgação da lista final de organizações selecionadas acontecerá até 02 de junho de 2021.

Para saber tudo sobre o Acelera Cerrado e realizar a inscrição da OSC da qual você faz parte, clique aqui.

Acelera Cerrado quer fortalecer OSC para conservação do Cerrado brasileiro