5 livros indicados por Bill Gates para ler ainda em 2020

Dezembro chegou e, com ele, Bill Gates mais uma vez nos presenteou com uma lista de indicações de livros para serem lidos neste final de ano.

Em seu blog, o Gates Notes, através de uma postagem e um vídeo intitulados “5 bons livros para um péssimo ano”, ele indicou suas leituras favoritas dos últimos meses. E a boa notícia é que 4 desses títulos possuem tradução em português e podem ser adquiridos online – tanto na versão física, quanto em eBook. A seguir, confira a lista completa com as indicações de Bill Gates de boas leituras  (e suas respectivas sinopses) para fechar 2020.


Leia também: “O Código Bill Gates: Medos, histórias, desafios e objetivos por trás de uma das mentes mais incríveis do mundo


“Por que os generalistas vencem em um mundo de especialistas” – David Epstein

Usando ícones atuais e históricos, de Roger Federer a Charles Darwin, o jornalista esportivo David Epstein explica, em “Por que os generalistas vencem em um mundo de especialistas”, como, em um mundo cada vez mais especializado, os profissionais mais valorizados e mais bem-sucedidos em suas áreas de atuação são os generalistas, aqueles que pensam fora da caixa e encontram saídas para problemas aparentemente insolúveis por meio da conexão entre áreas e ideias, a princípio, incompatíveis. Por que os generalistas vencem em um mundo de especialistas é um livro indispensável para todos aqueles que desejam transformar os seus interesses em múltiplas áreas em carreiras de sucesso – não importando a idade e a vivência anterior. Afinal, as experiências e a capacidade de aprender com os próprios erros são qualidades comuns a todos os grandes nomes da história, sejam eles inventores, empreendedores, esportistas ou profissionais de alta performance.

Review completo no Gates Notes (em inglês): “We need more Rogers”

“O Esplêndido e o Vil” – Erik Larson

Assim que Winston Churchill assumiu como primeiro-ministro do Reino Unido, Hitler invadiu a Holanda e a Bélgica. A Polônia e a Tchecoslováquia já haviam sucumbido e a evacuação de Dunquerque ocorreria duas semanas depois. Pelos doze meses seguintes, Hitler travaria uma incessante campanha de bombardeios, matando 45 mil britânicos. Coube a Churchill manter a nação unida e convencer o presidente americano Franklin Roosevelt de que era um aliado valioso — e com disposição para lutar até o fim.

Em “O esplêndido e o Vil”, Erik Larson mostra em detalhes como Churchill incutiu no povo britânico “a arte de não temer”. Muito além de uma história de malabarismos políticos, a obra é também um drama doméstico e íntimo. Baseado em documentos originais de arquivos e relatórios de espionagem secretos – alguns deles abertos apenas recentemente –, além de diários, o livro oferece uma nova perspectiva sobre o ano mais sombrio da capital inglesa através da experiência cotidiana de Churchill e daqueles próximos a ele.

Além do famoso nº 10 da Downing Street, residência oficial dos primeiros-ministros em Londres, o leitor também é levado a endereços menos conhecidos, como Chequers, a casa de campo oficial, e Ditchley, o lugar que abrigou Churchill e sua equipe quando os ataques se intensificaram.

Narrado em ritmo de ficção, “O esplêndido e o Vil” transporta o leitor da disfunção política dos dias de hoje de volta a uma época de verdadeira liderança, quando – ao encarar o horror impiedoso – a eloquência, a coragem e a perseverança de Churchill foram capazes de unir uma família e um reino.

Review completo no Gates Notes (em inglês): “How Brits survived the Blitzkrieg”

“A Nova Segregação” – Michelle Alexander

Publicada originalmente em 2010, a obra de Michelle Alexander vendeu mais de 600 mil exemplares e permaneceu na lista de mais vendidos do The New York Times por mais de 120 semanas. Vencedor do NAACP Image Award de melhor não ficção em 2011, o livro desafiou a noção de que o governo Obama assinalava o advento de uma nova era pós-racial e teve um efeito explosivo na imprensa e no debate público estadunidense, acumulando prêmios e inspirando toda uma geração de movimentos sociais antirracistas.

Review completo no Gates Notes (em inglês): “An eye-opening look into America’s criminal justice system”

“O Espião e o Traidor: A Maior História de Espionagem da Guerra Fria” – Ben Macintyre

O coronel Oleg Antonyevich Gordievsky, da KGB, estava no auge da sua carreira. Um prodígio dos serviços secretos soviéticos, tinha subido diligentemente nas fileiras, tendo servido na Escandinávia, em Moscovo e na Grã-Bretanha sem qualquer mancha na sua folha de serviços. Agora, com 46 anos, fora promovido a chefe do KGB na estação de Londres, um bom posto, e fora convidado a regressar ao quartel-general para ser formalmente consagrado pelo chefe do KGB. Chegado a Moscovo, Gordievsky avançou confiante pelo meio da multidão no aeroporto. No seu íntimo, contudo, borbulhava um terror surdo. Porque Oleg Gordievsky, veterano do KGB, fiel servidor secreto da União Soviética, era um espião britânico.

Review completo no Gates Notes (em inglês): “An amazing real-life espionage thriller”

“Breath from Salt: A Deadly Genetic Disease, a New Era in Science, and the Patients and Families Who Changed Medicine Foreverr” – Bijal P. Trivedi

O último item da lista de Gates infelizmente ainda não possui tradução para o português, mas ainda assim vale o registro. Nele, a jornalista especializada em escritas de formato longo sobre biologia Bijal P. Trivedi fala sobre abordagem multifacetada para combater a fibrose cística, uma doença genética séria que ataca os pulmões. Gates inicia sua recomendação avisando que esse título “não é para todos”, devido ao seu formato longo e detalhado. Mas esse é um livro pessoalmente importante para ele devido aos investimentos da Bill and Melinda Gates Foundation, em testes de medicamentos para combater a fibrose cística durante os primeiros anos. O livro foca nos muitos heróis da descoberta médica, incluindo famílias, defensores, pesquisadores, médicos e fisioterapeutas. “É um livro inspirador”, escreve ele. “Sei que haverá mais histórias de sucesso como essa nos próximos anos.”

Review completo no Gates Notes (em inglês): “The heroes of the cystic fibrosis fight”

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail