Sobre a arte e a beleza de ser humano

Ah, o ser humano e as suas peculiaridades… Nós somos tão, tão, tão pequenos em comparação ao Universo, e mesmo assim, cada um de nós tem um Universo único habitando dentro de si.

Nós ficamos felizes a ponto de achar que poderíamos explodir de tanta alegria, ficamos tristes a ponto de acreditar que recomeços não existem. Nós erguemos civilizações, criamos línguas, construímos coisas novas, arregaçamos as mangas em busca da mudança e, ainda assim, nos sentimos impotentes diante das ações de outros seres humanos. E isso acontece porque, por mais que sejamos capazes de feitos incríveis, nossos semelhantes também são capazes de agir de forma totalmente contrária.

Mas ainda é possível ver beleza na experiência de ser humano. Porque nós somos diferentes, somos capazes de aprender coisas novas e trocar experiências. Duas pessoas criadas pelos mesmo pais, dentro da mesma casa, conseguem ter personalidades completamente diferentes. E, ainda assim, nós sempre conseguimos encontrar o nosso lugar dentro desse pequeno ponto azul que gira em meio à infinitude do Universo.

Para que você possa ter uma dose especial de inspiração para começar uma nova semana (em tempos que seguem turbulentos), confira uma série especial de TED Talks que celebram a arte de ser humano.

Oliver Jeffers: Uma ode à vida na Terra

Se você tivesse que explicar a um recém-nascido, ou a um alienígena, o que significa ser um ser humano vivendo na Terra no século 21, o que você diria? O artista plástico Oliver Jeffers escreveu sua resposta numa carta para o filho dele, compartilhando pérolas de sabedoria sobre a existência e a diversidade da vida. Ele compartilha observações do “belo e frágil drama da civilização humana” nesta palestra poética combinada com suas ilustrações e animações originais.

Poeta Ali: As línguas universais do ser humano

Você fala muito mais línguas do que imagina, diz o Poeta Ali. Em uma palestra profunda, ele revela como a ideia de “línguas” vai muito além de um léxico de palavras, comunicando experiências universais como amor, risadas e solidão, e servindo como um portal para culturas, sentimentos e pensamentos que nos unem a todos.

Lidia Yuknavitch: A beleza de ser uma deslocada

Para aqueles que se sentem como se não se encaixassem: existe beleza em ser um deslocado. A escritora Lidia Yuknavitch compartilha sua própria instável jornada, contando trechos de histórias íntimas sobre perda, vergonha e sobre o lento processo de autoaceitação. “Mesmo no momento do seu fracasso, você é belo. Você pode ainda não saber, mas você tem a capacidade de se reinventar incessantemente. Essa é a sua beleza.”

Lera Boroditsky: Como a linguagem modela nossa forma de pensar

Há aproximadamente 7 mil idiomas falados em todo o mundo, e todos eles têm diferentes sons, vocabulários e estruturas. Mas eles modelam a maneira como nós pensamos? A cientista cognitiva Lera Boroditsky compartilha exemplos de idiomas, de uma comunidade aborígena da Austrália, que usa pontos cardeais em vez das palavras “esquerda” e “direita”, às diversas palavras para “azul” em russo, que sugere que a resposta seja um sonoro sim. “A beleza da diversidade linguística revela para nós a engenhosidade e a flexibilidade da mente humana”, diz Lera. “A mente humana não inventou um universo cognitivo, mas 7 mil”.

Jonny Sun: Você não está sozinho em sua solidão

Estar aberto e vulnerável com sua solidão, tristeza e medo pode ajudar você a encontrar conforto e a se sentir menos só, diz o escritor e artista Jonny Sun. Em uma palestra franca e cheia de ilustrações exclusivas, Sun compartilha como contar histórias a respeito de se sentir um estranho o ajudou a explorar uma comunidade inesperada e a encontrar um pontinho minúsculo de luz na escuridão.

Emily Levine: Como fiz amizade com a realidade

Com sua sagacidade e sabedoria inconfundíveis, Emily Levine encontra seu último desafio como comediante e filósofa: ela faz da morte algo engraçado. Nesta palestra pessoal, ela nos convida a sua jornada para fazermos amizade com a realidade e as pazes com a morte. A vida é um presente enorme, diz Levine: “Você a enriquece o quanto pode e depois a retribui”.

Casey Gerald: Abrace sua magia nua e estranha

A maneira que nos ensinam a viver tem que mudar, diz o autor Casey Gerald. Muitas vezes, escondemos partes de nós mesmos para nos adaptar, ganhar elogios, ser aceitos. Mas a que custo? Nesta palestra inspiradora, Gerald compartilha os sacrifícios pessoais que fez para alcançar o sucesso nos mais altos escalões da sociedade norte-americana e mostra por que é hora de termos a coragem de viver na magia nua e estranha de nós mesmos.

Charlie Jane Anders: Vá em frente, sonhe com o futuro

“Não se prevê o futuro; imagina-se o futuro”, afirma a escritora de ficção científica Charlie Jane Anders. Numa palestra que é parte sonho, parte extrapolação baseada em pesquisa, ela nos leva a um passeio extraordinário e especulativo pelas delícias e desafios que o futuro pode trazer, e mostra como sonhar com possibilidades estranhas e futuristas nos empodera a construir um amanhã melhor.

__

Créditos: Imagem Destaque – Erce / Shutterstock

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail