Educação no Brasil: Lenovo Foundation apoia programa em STEM voltado para professores

Educação no Brasil: Lenovo Foundation apoia programa em STEM voltado para professores

As habilidades STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em português) são um grande diferencial para a educação do futuro. Pensando nisso, a Lenovo doou 50 mil dólares para apoiar a formação e renovação de conhecimentos de professores da rede pública do estado de São Paulo. Os recursos serão direcionados ao Novotec, programa desenvolvido pelo governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Centro Paula Souza e Secretaria de Educação, que oferece a oportunidade de alunos da rede pública de cursarem ensino técnico profissionalizante em preparação a carreiras em alta demanda paralelamente ao ensino médio.

O projeto consiste em cursos voltados a professores de ciências (biologia, física e química) da rede estadual e professores de matemática do Centro Paula Souza, e tem o objetivo de capacitar esses profissionais para desenvolverem habilidades em STEM. O curso é 100% on-line e gratuito e tem duração de quatro meses, de junho até setembro deste ano.

Iniciativas como esta ajudam a combater um déficit na educação brasileira. De acordo com a última edição do Pisa, exame internacional de educação realizado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) para medir o desempenho de estudantes de 15 e 16 anos, apenas um terço dos alunos brasileiros alcançou o nível básico em matemática e 45% atingiram o mesmo nível em ciências. A média brasileira é inferior à de países como Costa Rica, México e Uruguai e semelhante a países como Albânia, Brunei e Catar.

Leia também: Educar a Geração Z: os três insights para uma educação conectada com o futuro

Os cursos do projeto são ministrados pela equipe da Educando, ONG que atua com foco na capacitação de professores e diretores de escolas públicas da América Latina, a convite da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Centro Paula Souza. Os materiais são disponibilizados aos profissionais elegíveis em uma plataforma virtual (CAV) da organização e todos os professores inscritos tem acesso aos conteúdos, plantões de dúvidas e acompanhamento junto aos educadores da Educando. Essa formação visa impactar todos os mais de 1.000 profissionais de 362 escolas envolvidas no programa.

Segundo Alice Damasceno, head de Filantropia da Lenovo Foundation, investir na capacitação dos docentes é um meio para melhorar a performance dos alunos. “A contribuição da Lenovo acontece devido à necessidade de fortalecer o desempenho dos estudantes nas áreas das ciências, que estão diretamente ligadas à inovação”, afirma.

“Além de fornecer tecnologias inteligentes para mais pessoas, a Lenovo busca contribuir para uma sociedade melhor, capacitando cidadãos para resolverem os desafios mais urgentes do presente e futuro”, diz Damasceno. “Nossa expectativa é de apoiar projetos que contribuam para o aprimoramento das habilidades de profissionais e estudantes”, completa.

De acordo com Kelly Maurice, diretora executiva da Educando, há 12 anos a organização tomou a decisão estratégica de criar o STEM Brasil para as escolas públicas, motivada pela alta demanda do mercado de trabalho por jovens profissionais qualificados nas áreas STEM. “Esta falta de profissionais é uma das razões da pobreza e desigualdade social. Almejamos criar uma mudança sistêmica no método de ensino de ciências e matemática, por meio da formação de professores qualificados que irão conduzir os jovens brasileiros para melhores resultados acadêmicos, guiá-los pela inovação e tecnologia e inspirá-los a buscar melhores oportunidades de trabalho, direcionando-os para um futuro mais próspero”.

“O objetivo dessa formação é permitir que os estudantes que ingressaram nos cursos técnicos do programa Novotec em 2021 passem por uma revisão de conteúdos de STEM necessários para acompanhar a educação profissional”, diz Daniel Barros, subsecretário de ensino profissionalizante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. “Ficamos muito felizes que a Educando e empresas parceiras como a Lenovo tenham se sensibilizado com esse esforço de recuperação dos conteúdos num momento em que os estudantes estão precisando tanto”.

Educação no Brasil: Um desafio para todas as idades

O déficit nas habilidades STEM é um dos diversos desafios da educação no Brasil e que foram acentuadas com a pandemia. Ouça abaixo o nosso podcast com Ítalo Dutra, Chefe de Educação do UNICEF no Brasil e coordenador de iniciativas nacionais para a busca ativa de crianças fora da escola e enfrentamento à cultura do fracasso escolar.

Ouça também no Spotify Apple Podcasts.

Imagem Destaque: Lagos Techie/Unsplash