Apple desenvolve emojis representando pessoas com deficiências físicas

A Apple anunciou ter solicitado a adição de 13 emojis inclusivos, incluindo próteses, cães-guia e um aparelho auditivo, para representar melhor pessoas com deficiência. No dia 23 de março, a empresa submeteu uma série de emojis à Unicode Consortium, organização que revisa a solicitações de novos emojis. Se aprovados pela Unicode Consortium os novos caracteres serão inclusos na versão 12.0 do emoji, programada para ir ao ar em 2019.

Pensando em proporcionar uma experiência inclusiva a todos os seus usuários, a Apple desenvolveu símbolos a Apple criou símbolos representando usuários de cadeira de rodas e pessoas com deficiência visual usando bastões de caminhada. Outros ícones planejados incluem dois tipos diferentes de cão-guia, um braço e perna protética e uma orelha com aparelho auditivo.

apple-emoji-inovasocial-05

A empresa trabalhou com organizações internacionais, como o Conselho Americano de Cegos, a Fundação de Paralisia Cerebral e a Associação Nacional de Surdos para desenvolver os projetos. E então, a Unicode, cuja lista de membros inclui nomes como Facebook, Microsoft e Netflix, decide quais emojis devem ser usados e o que eles devem representar.

“Uma em cada sete pessoas em todo o mundo tem alguma forma de deficiência,” disse a Apple. “A lista de emojis atuais fornece uma ampla gama de representações de pessoas, atividades e objetos significativos para o público em geral, mas muito poucos falam sobre as experiências de vida das pessoas com deficiência. Na Apple, acreditamos que a tecnologia deve ser acessível a todos e deve proporcionar uma experiência que atenda às necessidades individuais. Adicionar emoticons emblemáticos às experiências de vida dos usuários ajuda a promover uma cultura diversificada e inclusiva.”

apple-emoji-inovasocial-02

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail