Projeto Boa Sorte: A informação é a grande aliada na conscientização do HIV

Em 2010, o brasiliense Gabriel Estrela tinha 18 anos e recebia o diagnóstico que mudaria sua história: descobriu que era portador do vírus HIV. Cinco anos depois, ele decidiu compartilhar sua história com o mundo e foi daí que surgiu o projeto Boa Sorte, uma iniciativa que atua nos eixos arte, informação e acolhimento para transformar a sociedade em um lugar melhor para quem vive ou convive com HIV.

O projeto é bem amplo, com ativações nas mídias sociais, na fotografia e também no teatro. Gabriel é cantor, ator, dramaturgo e diretor, e escreveu uma peça, de mesmo nome, que conta sua história – do diagnóstico até o momento em que começou a tomar antirretroviral (medicamentos usados para impedir a multiplicação do HIV no organismo). O musical foi viabilizado através de uma campanha de crowdfunding que somou 150 apoiadores e é algo muito importante dentro desse diálogo sobre HIV que o projeto se propõe a abrir, pois nós nunca sabemos quando a história de uma pessoa pode também mudar a vida de alguém.

Hoje, vivemos em um momento em que a “cara do HIV” que conhecemos nos anos 90 não existe mais, uma vez em que é possível viver bem quando se está em tratamento, mas mesmo assim o HIV não perdeu essa imagem e esse quadro pode ser apenas revertido à base de muita informação. Por isso, projetos como o do Gabriel são tão importantes.

Para saber mais sobre o Projeto Boa Sorte, clique aqui.

Selecionamos dois vídeos muito interessantes, produzidos em parceria com a YouTuber Jout Jout, cheios de informações extremamente valiosas:

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail