Soft Skills: Por que elas são importantes para sua vida profissional?

Por décadas e mais décadas, o foco principal de uma entrevista de emprego era identificar em um determinado candidato as habilidades técnicas e os conhecimentos necessários para uma vaga em específico, independente de seu campo de atuação. Hoje, essas habilidades e conhecimentos continuam sendo muito importantes, mas estudos indicam que, quando falamos de futuro do trabalho, um outro grupo de habilidades vem se tornando cada vez mais importante no ambiente profissional: as soft skills.

As soft skills, também conhecidas como “habilidades interpessoais”, são um grupo de habilidades essenciais que envolvem o desenvolvimento de uma base de conhecimento, nível de conhecimento e mentalidade cada vez mais necessários para o sucesso no ambiente de trabalho moderno.

Estamos falando de um cenário em que o QE (quociente emocional) é tão importante quanto o QI (quociente de inteligência) e QE (quociente emocional, ou “inteligência emocional”). Quando comparadas às habilidades técnicas, as soft skills são desenvolvidas de forma diferente e não são necessariamente ensinadas em lugares como a faculdade, por exemplo – que, teoricamente, prepara as pessoas para o mercado de trabalho. Outro ponto interessante é que, de acordo com um relatório do LinkedIn de 2015, pessoas com alto QE ganham, em média, US$ 29.000 a mais (anualmente) do que seus colegas que não possuem essas habilidades.

Embora exista uma ampla gama de habilidades sob o guarda-chuva das soft skills, aqui estão as que são especialmente importantes para a sua vida profissional:

Respeito

O respeito é fundamental no desenvolvimento de relacionamentos interpessoais. Embora seja comum estarmos muito focados em nós mesmos e em nosso trabalho, prestar atenção no mundo à sua volta também é algo muito importante. Até mesmo os pequenos atos podem ter um impacto significativo na forma como os outros nos veem e na maneira como nos comportamos. Por isso, é importante deixar que as pessoas terminem de falar antes de fazer seus comentários ou compartilhar novas ideias. A pontualidade é outra forma de mostrar respeito por seus colegas de trabalho – independente do grau hierárquico, não apenas por seus líderes; por isso, chegue em suas reuniões e compromissos no horário marcado e procure não se estender além do tempo estipulado.

Interesse

Um estudo recente revelou que 48% dos funcionários já se viram em situações em que sentiram envergonhados porque não sabiam o nome de um colega de trabalho. Se dedique a aprender os nomes de seus colegas, mesmo que eles trabalhem em diferentes departamentos ou escritórios. Esteja mais interessado em saber mais sobre seus colegas do que em falar sobre você – em um ambiente em que todos estão realmente interessados em aprender sobre e com seus colegas, todas as boas histórias são celebradas.

Foco

Estamos quase em 2020, praticamente ninguém gosta de falar ao telefone e “tudo” pode ser resolvido por uma troca de mensagens no WhatsApp – e todas as conversas acontecem ao mesmo tempo. Esse não é o cenário ideal, mas é a realidade. E uma das piores situações que podem acontecer em uma conversa é sentir que a outra pessoa está focada em outra tarefa e não está prestando atenção ao que está sendo discutido. Uma das melhores formas de garantir que você mantenha o foco na pessoa com quem está falando é passar menos tempo trocando mensagens ou e-mails e mais tempo conversando de fato com seus colegas. Seja pessoalmente ou até mesmo por telefone, deixe as distrações de lado e se dedique a prestar atenção à conversa. Assim, seu colega se sentirá respeitado e vocês construirão uma relação de parceria muito positiva.

Escuta

Essa é uma habilidade que também está relacionada ao interesse e ao respeito. Existem três formas de escutar alguém: fisicamente, mentalmente e emocionalmente. A escuta física implica ler as pistas não verbais da outra pessoa e responder adequadamente. Escutar mentalmente significa conectar-se com o que os outros estão pensando e chegar ao cerne do que eles estão realmente dizendo (mas entenda: ouvir para responder e escutar para compreender são coisas completamente diferentes). Escutar emocionalmente, significa entender o que os outros estão sentindo e demonstrar compaixão e empatia.

Todo mundo tem a capacidade de construir seu EQ com dedicação e treinamento. O primeiro passo para isso é começar a prestar atenção no mundo à sua volta. Desenvolver suas habilidades emocionais é algo que irá melhorar sua comunicação e seus relacionamentos (dentro e fora do escritório), mas também é algo que pode ser o ponto chave para beneficiar seu bem estar e seu desempenho profissional.

__

Créditos: Imagem Destaque – Look Studio / Shuttertock

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail