O hospital do futuro será a nossa casa

Não é novidade que muitas pessoas não gostam de ir ao hospital. Para alguns, o problema é o medo do desconhecido, para outros é a certeza de que a experiência estará longe de ser algo tranquilo – seja pelos valores gastos, pela espera ou pela falta de infraestrutura. Além disso, há pessoas que precisam percorrer uma longa distância para ter acesso a serviços de saúde de qualidade. O acesso aos cuidados hospitalares é um grande problema para muitas pessoas ao redor do mundo, especialmente nas áreas rurais e também em países pouco povoados, como a Suécia.

Segundo uma pesquisa da Universidade da Califórnia, um terço dos pacientes com mais de 70 anos e mais da metade dos pacientes com mais de 85 anos deixam o hospital mais incapacitado do que quando chegaram. Além disso, as longas distâncias também fazem com que muitas pessoas não consigam o atendimento necessário. Não seria melhor se todos os atendimentos médicos pudessem ser feitos em casa? Não seria bom se pudéssemos ser tratados na nossa própria cama?

No futuro, isso pode se tornar realidade.

Os cuidados de saúde em casa são um conceito emergente em que médicos usam dispositivos portáteis e compactos para tratar pacientes em suas casas. Esses dispositivos os ajudam a verificar a pressão arterial, o nível de açúcar e até mesmo realizar um eletrocardiograma, apenas com o clique de um botão. A presença dessa tecnologia ajuda os pacientes a evitarem ir ao hospital para atendimentos mais simples, onde profissionais de saúde vão até a casa do paciente para administrar medicamentos e fazer exames. Assim, os idosos podem receber o tratamento no conforto de sua casa, sem a necessidade de viajar durante horas para serem tratados. Segundo as estatísticas, há mais de 617 milhões de idosos (pessoas com mais de 65 anos) no mundo de hoje, e mais de 10 mil pessoas se tornam idosas a cada dia. Não há como negar que existe uma demanda crescente por cuidados de saúde em casa.

Quem seria beneficiado pelos serviços de atendimento domiciliar?

A maioria das pessoas acredita que os cuidados de saúde em casa são para pacientes que estão acamados devido à sua doença e simplesmente não podem ir até um hospital, mas existem várias outras razões pelas quais as pessoas precisam de cuidados de saúde em casa, como:

  • Não ser capaz de ir ao hospital devido a uma lesão anterior;
  • Pacientes que são aconselhados por seus médicos a ficarem em repouso absoluto;
  • Pacientes que não possuem um meio de transporte para chegar aos hospitais.

Essas são apenas algumas das razões pelas quais pacientes necessitam de cuidados de saúde em casa para o melhor tratamento disponível. Essas pessoas precisam de cuidados especializados, incluindo enfermagem, fisioterapia e terapia ocupacional.

Vantagens dos cuidados de saúde em casa

Conforto: O principal benefício de um atendimento de saúde à domicílio é que os pacientes podem ficar em casa, o que é confortável, familiar e lhes proporciona um conforto não apenas físico, mas também emocional.

Cuidado personalizado: O atendimento em domicílio é flexível e se adapta às necessidades do paciente, permitindo que ele aconteça no melhor horário possível.

Atenção individualizada: A assistência médica domiciliar permite que os pacientes recebam atenção completa e concentrada de seu cuidador.

Custo-benefício: A assistência médica domiciliar geralmente é cobrada por hora, o que é significativamente menor em comparação com uma instalação de enfermagem residencial.

Os cuidados de saúde em casa eliminam o tempo de viagem gasto até um hospital e ajuda o paciente a passar tempo de qualidade realizando outras atividades, pode fazer com que esse paciente economize dinheiro e contribui para uma recuperação mais rápida, em um ambiente confortável.

E, com o avanço da tecnologia, a ideia é fazer com que os cuidados domiciliares sejam cada vez mais acessíveis a pessoas em todo o mundo.

Para entender mais sobre essa ideia, assista ao TED apresentado por Niels van Namen, médico e profissional de saúde futurista:

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Mande uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail