Project Milestone: O primeiro projeto imobiliário comercial impresso em 3D do mundo

A Universidade de Tecnologia de Eindhoven (Holanda), juntamente com o estúdio de arquitetura local Houben & Van Mierlo Architecten, está planejando criar o primeiro projeto imobiliário comercial impresso em 3D do mundo, que será disponibilizado para aluguel através da empresa imobiliária Vesteda. Chamado de Project Milestone, o empreendimento prevê a construção de cinco residências multi-nível em Meerhoven, o bairro mais novo de Eindhoven. E a projeção é de que a primeira dessas casas esteja concluída e seja habitável até 2019.

As residências serão produzidas uma após a outra, permitindo que os arquitetos aprendam com a fabricação de cada uma delas. Os elementos de construção estão sendo impressos nas instalações de pesquisa da universidade, mas a equipe pretende construir a casa final no local. De acordo com os arquitetos, o desenvolvimento referencia a estrutura do Stonehenge, como se fossem um menir.

project-milestone-holanda-impressao-3d-inovasocial-04

“Queríamos fazer casas de vários andares para obter uma paisagem realmente agradável de construções”, diz Jelle Houben, da Houben & Van Mierlo Architecten.

Cada casa será impressa usando uma mistura de concreto especialmente desenvolvida com baixo teor de cimento. A equipe da Universidade de Tecnologia de Eindhoven afirma que a técnica terá um baixo impacto ambiental, já que as emissões de CO2 associadas à produção de cimento serão reduzidas. Os arquitetos acreditam que a técnica usada para o projeto permitirá “liberdade de forma e textura” ao projetar os edifícios, já que eles afirmam que a impressão 3D pode produzir uma variedade maior de formas do que os métodos tradicionais de construção.

project-milestone-holanda-impressao-3d-inovasocial-01

“A técnica é muito diferente de qualquer produto pré-fabricado ou fabricado”, diz Jelle. “Podemos fazer tipos de habitações diferentes e podemos personalizar o design de acordo com os desejos dos clientes.”

Nos últimos anos, várias casas foram construídas usando impressão 3D, pois a técnica é continuamente desenvolvida e refinada. Segundo Jelle, a técnica ainda pode evoluir muito, até chegar ao ponto em que o software permitirá que as pessoas projetem e construam suas próprias casas.

“Há muitas possibilidades para arquitetos envolvidos neste processo”, diz ele. “Eles poderiam atuar mais como um consultor técnico ou como um coach para ajudar os usuários a entenderem o impacto e o significado de suas decisões de projeto.”

project-milestone-holanda-impressao-3d-inovasocial-02

A Houben & Van Mierlo Architecten prevê que a quinta e última casa será concluída em 2023.

Os primeiros protótipos impressos em 3D foram criados na China e na Rússia, mas a Holanda também produziu vários deles, com exemplos incluindo uma micro-casa em Amsterdã da DUS Architects e um show home apresentado em Milão pela empresa holandesa Cybe Construction.

A equipe da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, liderada pelo pesquisador Theo Salet, também esteve por trás da primeira ponte de concreto impressa em 3D do mundo, construída no final de 2017.

project-milestone-holanda-impressao-3d-inovasocial-03

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail