Svart: o primeiro hotel que irá produzir mais energia do que consome

svart-sonohetta-hotel-sutentabilidade-inovasocial-06-450

A Snøhetta é conhecida por seus projetos arquitetônicos que deixariam qualquer super-vilão boquiaberto.

Após trazer à realidade construções gigantescas em Nova York, casas na árvore com paredes de tirar o fôlego e até um restaurante no fundo do mar, a empresa norueguesa divulgou seu mais novo projeto: um hotel que irá produzir mais energia do que consome.

Nomeada como Svart, a construção ficará acima do Círculo Polar Ártico, aos pés da geleira de Svartisen, no norte da Noruega. E esse será o primeiro hotel do mundo com “energia positiva”, literalmente falando.

A beleza natural que cercará o hotel é de tirar o fôlego, e esse foi um dos motivos pelos quais a Snøhetta decidiu investir em um projeto com uma pegada ambiental próxima de zero. De acordo com os arquitetos, o prédio será o primeiro hotel do mundo a cumprir com o padrão Powerhouse.

svart-sonohetta-hotel-sutentabilidade-inovasocial-04-450

Criado por Snøhetta, Skanska e outras empresas. esse é um conjunto de regras que dita um novo padrão de sustentabilidade. Uma construção dentro do padrão Powerhouse deve gerar mais energia renovável durante um período de 60 anos do que a quantidade total de energia utilizada desde a produção dos materiais de construção até a demolição do edifício.

No caso do Svart, alcançar a qualificação no padrão Powerhouse envolverá muitos fatores. Primeiro, será necessário reduzir os gastos anuais com energia em 85% – comparando-se ao consumo de um hotel moderno –, otimizando os materiais e métodos de construção. Os quartos do hotel e as demais instalações também precisam ser estrategicamente posicionados em uma estrutura circular, para que possam receber a maior quantidade de luz solar, durante o maior espaço de tempo possível. Para gerar energia, a Snøhetta pretende usar poços geotérmicos e painéis solares.

O nome do hotel, Svart, significa “preto e azul” na língua nórdica antiga, e é uma referência à água azul e das rochas escuras que cercam a geleira.

Se você ficou curioso para conhecer o Svart, terá que esperar um pouco. A construção irá começar em um ano e o hotel deve estar pronto para receber seus primeiros hóspedes em 2021.

svart-sonohetta-hotel-sutentabilidade-inovasocial-01-930

svart-sonohetta-hotel-sutentabilidade-inovasocial-02-930

__

Gostou da playlist e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail