Ação da Uber disponibiliza lições básicas de Linguagem Americana de Sinais aos seus usuários

Não importa em qual perfil de passageiro você se encaixe, sendo alguém mais falador ou mais reservado, sempre existe um diálogo básico a ser feito dentro de um carro que foi pedido via Uber: você, no mínimo, cumprimenta o motorista, confirma seu nome, dá algumas coordenadas e se despede. Agora, e quando seu motorista é portador de uma deficiência auditiva? Sim, a conversa deve continuar de qualquer forma. Por isso, a Uber pensou em uma solução que pode melhorar a comunicação entre passageiros e motoristas.

uber-linguagem-sinais-asl

Em uma ação nos EUA, a empresa de serviços de transporte por aplicativo está fornecendo uma aula básica de linguagem de sinais, com a intenção de apoiar seus motoristas com deficiência auditiva.

O projeto está no ar desde outubro, e no site Uber Sign Language é possível visualizar que cards e vídeos ensinam cumprimentos básicos, como “olá” e “obrigado” na Linguagem Americana de Sinais (ASL). Também é possível até mesmo aprender a se apresentar e dizer seu nome.

A Uber se tornou uma importante oportunidade de emprego para milhares de deficientes auditivos ao redor do mundo, uma vez que a taxa de desemprego entre essas pessoas geralmente são muito altas (nos EUA, por exemplo, 70% das pessoas com deficiência auditiva estão desempregadas). Por isso, ações como essa precisam ser destacadas e multiplicadas, para que mais pessoas iniciem conversas ao redor do mundo.

Para conhecer a ação de aprender um pouco mais, clique aqui.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo paracontato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail