IoT: O que esperar da Internet das Coisas em 2018

Se você nunca ouviu falar sobre o termo Internet das Coisas, prepare-se: nós vamos falar muito disso em 2018. A Internet das Coisas (ou IoT, Internet of Things) é uma tecnologia baseada em uma junção de produtos + sensores + softwares + internet. Em IoT, um objeto offline ganha mais funcionalidades ao ser conectado à internet.

Da iluminação inteligente para a sua casa a dispositivos que podem prevenir amputações relacionadas ao diabetes, essa nova tendência da tecnologia é capaz de tornar realidade coisas que acreditávamos serem possíveis apenas em animações dos anos 90 (ou em episódios de Black Mirror!). A Internet das Coisas está seguindo por um caminho muito além dos pequenos objetos que você pode controlar direto e seu celular, e as novidades parecem estar apenas começando a surgir.

Aqui estão algumas coisas muito interessantes que a IoT poderá fazer em 2018:

  • Monitorar os níveis de fadiga de funcionários

O Cat Smartband é um wearable conectado à nuvem que funciona como um monitor de sono, desenvolvido pela Caterpillar. O monitor analisa o nível de fadiga do usuário e pode prever se eles se tornarão um risco para a segurança. O software pode analisar horários de trabalho e relatórios de acidentes, ajudando a gerenciar trabalhadores de forma mais eficaz, aumentando a segurança de trabalho e melhorando o desempenho.


  • Criar um ambiente de trabalho ideal para cada funcionário

Conectado aos sistemas já existentes em um edifício, o Comfy permite que os funcionários ajustem a temperatura do local de trabalho de acordo com sua preferência. Tudo o que é preciso fazer é abrir um aplicativo e solicitar um fluxo de ar quente ou frio entregue diretamente à sua localização. Ao longo do tempo, os algoritmos de aprendizado da máquina da Comfy coletam dados suficientes para calcular as tendências e ajustar automaticamente as configurações de temperatura.


  • Prevenir amputações relacionadas ao diabetes

Um dispositivo da Bluedrop Medical permite que portadores de diabetes identifiquem uma úlcera diabética em estágio inicial, quando o tratamento é mais fácil e os custos são mais baixos. O dispositivo executa uma varredura diária dos pés do paciente e envia os dados coletados para a nuvem; assim, é realizada uma análise através de algoritmos que podem detectar anormalidades.

No Brasil, segundo a OMS, 70% das amputações realizadas são decorrentes do diabetes, o que representa em torno de 55 mil amputações por ano. Considerando esses números, é fácil prever como esse dispositivo pode ser importantes no tratamento de milhares de pacientes.


  • Iluminar seu caminho ao andar pelas ruas

A Pavegen produz sistemas de pisos inteligentes que geram iluminação quando as pessoas pisam em sensores. Com essa tecnologia, pedestres podem iluminar seu caminho e placas de sinalização enquanto andam pela rua. Além de gerar iluminação a partir de energia limpa, a Pavegen também equipara cada sensor com uma API sem fio que transmite dados de movimento em tempo real para fornecer uma análise dos padrões de movimentação em cada região; o que é algo muito útil principalmente quando falamos sobre administração de espaços urbanos.


  • Melhorar a experiência do consumidor no supermercado

Em 2018, os olhos do mundo estarão voltados para Seattle (EUA), onde será inaugurada a primeira Amazon Go, uma loja em que você entra, pega os produtos que deseja e simplesmente vai embora. Sem precisar pegar filas ou parar em uma estação de pagamento antes de sair. A entrada na Amazon Go é registrada por um aplicativo de celular especial e os itens comprados são inseridos automaticamente no carrinho virtual. Ao terminar sua sessão de compras, basta sair da loja e o valor será debitado do cartão de crédito do consumidor.

Atualmente, a loja está em fase beta, onde apenas os funcionários da Amazon têm acesso liberado para realizar suas compras e testar o serviço, mas acredita-se que portas da Amazon Go estarão abertas ao público em breve.

___
Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Mande uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail