Por que a arte é tão importante para a democracia?

A arte apresenta às pessoas perspectivas e modos de vida diferentes dos seus – e, com isso, promove um senso de empatia que é essencial para a democracia. Hoje, você confere uma seleção especial de TED Talks sobre como a arte pode dar poder ao povo.

Oskar Eustis: Por que o teatro é essencial à democracia

A verdade vem da colisão entre ideias diferentes, e o teatro desempenha um papel essencial ao nos mostrar a verdade, diz o lendário diretor artístico Oskar Eustis. Nessa palestra intensa, Eustis detalha seu plano para alcançar (e ouvir) pessoas em lugares dos EUA para os quais o teatro, como muitas outras instituições, virou suas costas, como na desindustrializada região do Cinturão da Ferrugem. “Nossa função é tentar sustentar uma visão dos EUA que mostre não apenas quem somos individualmente, mas que nos reconecte com a harmonia na qual precisamos estar”, diz Eustis. “É isso que o teatro deve fazer.”


Rayma Suprani: Ditadores odeiam cartuns políticos, então vou continuar a desenhá-los

“O cartum político é um termômetro da liberdade”, afirma Rayma Suprani, exilada de sua terra natal, a Venezuela, por publicar trabalhos críticos ao governo. “É por isso que ditadores odeiam cartunistas.” Em uma palestra ilustrada com destaques de uma carreira construída contra o totalitarismo, Suprani explora como os cartuns refletem a sociedade e revelam verdades ocultas, e explica por que segue desenhando, mesmo a um custo pessoal elevado. (Palestra proferida em espanhol com tradução consecutiva em inglês de Cloe Shasha).


Anthony D. Romero: A democracia é assim

Na busca por entender o cenário político norte-americano em 2017, Anthony D. Romero, advogado e diretor executivo da ACLU, a American Civil Liberties Union (União Norte-Americana pelas Liberdades Civis), voltou seu olhar para um lugar surpreendente — um afresco do século 14 do mestre renascentista Ambrogio Lorenzetti. O que poderia uma pintura de quase 700 anos nos ensinar sobre a vida atual? Parece que muito. Romero explica tudo numa palestra tão extraordinária quanto a referida pintura.


Amy Padnani: Como estamos honrando as pessoas omitidas pela história

Desde sua fundação em 1851, o “New York Times” publicou milhares de obituários – para chefes de estado, celebridades famosas, até mesmo para o inventor do fantoche de meia. Mas apenas um pequeno percentual deles narra a vida de mulheres e pessoas negras. Nesta palestra perspicaz, a redatora do “Times” Amy Padnani compartilha a história por trás de “Overlooked”, projeto liderado por ela para reconhecer pessoas da história cujas mortes foram ignoradas e redirecionar as lentes da sociedade para quem é considerado importante.


Trevor Copp e Jeff Fox: A dança de salão que quebra as regras do gênero

Tango, valsa, foxtrote … essas danças de salão clássicas discretamente perpetuam uma ideia arcaica: o homem conduz, e a mulher é conduzida. É uma ideia que vale a pena mudar, afirmam Trevor Copp e Jeff Fox, ao demonstrarem sua nova técnica de dança chamada “Liquid Lead” (dança fluida), junto com sua companheira de dança Alida Esmail. Vejam Copp e Fox cativarem a audiência e comandarem o espetáculo, enquanto de forma ousada desconstroem e transformam a arte da dança de salão.

__

Créditos: Imagem Destaque – frantic00 / Shutterstock

Assine nossa newsletter!

Para conferir em primeira mão os conteúdos do InovaSocial em seu e-mail, assine agora nossa newsletter.
Insira o seu e-mail