NUGGS: Essa nova marca de carne plant based foi criada por um jovem de 19 anos!

nuggs-empanado-frango-carne-plant-based-inovacao-social-inovasocial-ben-pasternak
Ben Pasternak, fundador da NUGGS

Aos 14 anos, o australiano Ben Pasternak criou o que posteriormente se tornaria o principal aplicativo de tendências da App Store, da Apple. Aos 15 anos, ele abandonou o ensino médio, mudou-se para Nova York (EUA) e hoje, aos 19 anos, seu mais recente empreendimento é uma marca de empanados de frango plant based, a NUGGS, que recentemente recebeu US$ 7 milhões em investimentos e tem a McCain Foods como um de seus principais investidores.

Segundo Pasternak, a ideia surgiu após ele parar para explorar grandes problemas que acontecem no mundo e pensar em como ele poderia ajudar a combatê-los. Ao levar em consideração os problemas causados pela produção industrial e ao enxergar o potencial do mercado da carne plant based, nasceu a NUGGS.

A marca tem uma comunicação divertida: “Te mata mais devagar”, diz o texto no site, informando que o alimento tem 22g de proteína e 180 calorias (ou seja: cerca de duas vezes mais proteína e 20% menos calorias do que o empanado de frango “de verdade”), além de conter zero colesterol.

“Somos uma equipe muito jovem, fundadores muito jovens e, essencialmente, estamos criando um produto para nós mesmos”, diz Pasternak.

Os empanados contém proteína de ervilha e sua receita foi desenvolvida por Liam Mullen, que tem 20 anos e é chefe de produto da NUGGS.

Os consumidores que quiserem experimentar o Nuggs 1.0 não o encontrará no mercado, mas sim no site da empresa – o único lugar onde os empanados de frango plant based são vendidos – uma caixa com 40 unidades custa US$ 24. Para Pasternak, isso permite à marca um relacionamento mais próximo com os clientes e um ciclo constante de feedback. “Quando você coloca um produto nas lojas, perde o controle e perde dados, e não consegue ver o que está acontecendo”, diz ele.

nuggs-empanado-frango-carne-plant-based-inovacao-social-inovasocial-01

No site, a avaliação dos consumidores é de 4,7/5,0 e (aparentemente) todas as avaliações são mostrada, inclusive os comentários com notas mais baixas. Entre as avaliações, muitos consumidores dizem que o produto é realmente saboroso e alguns ousam dizer que é até melhor do que frango.

O objetivo da NUGGS, assim como empresas como Impossible Foods e Beyond Meat, é alcançar o maior número possível de onívoros, não pessoas que já são vegetarianas.

Se há 3 anos nos falassem que hoje estaríamos escrevendo sobre uma marca de empanados de frango plant based, desenvolvidos por jovens de 19 e 20 anos, vendidos exclusivamente pela internet, em um modelo de negócios que “vê” os alimentos como um software (palavras do próprio Ben Pasternak), nós acharíamos, no mínimo, curioso.

A carne do futuro tem se tornado cada vez mais a “carne do presente” e exemplos como o da NUGGS não param de pipocar no mundo inteiro (nós, inclusive, já estamos há alguns anos falando sobre alimentos plant based). E, aos poucos, começa a pairar no ar a pergunta: Como será o futuro da carne do futuro?

__

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail