The Ocean Cleanup inicia sua primeira operação para remover plástico do Oceano Pacífico

No ano passado, apresentamos aos leitores do InovaSocial a Ocean Cleanup, um projeto que vem sendo idealizado desde 2011. Agora, a primeira operação em larga escala para retirar resíduos de plástico do Oceano Pacífico começou saindo de São Francisco (Califórnia, EUA).

A Ocean Cleanup, uma iniciativa holandesa sem fins lucrativos que quer livrar os mares do lixo plástico, lançou seu o System 001 aos mares em 8 de setembro de 2018. Rebocado da Baía de São Francisco pelo navio Maersk Launcher, a barreira flutuante em forma de U de 600 metros de comprimento com uma “saia” de 3 metros será arrastada ao longo da superfície da água para recolher o lixo.

Quando chegar ao seu destino, o sistema está programado para ser impulsionado pelo vento e pelas ondas, coletando o plástico à medida que se move pelo oceano.

Devido ao seu formato, os detritos serão canalizados para o centro do sistema. Movendo-se ligeiramente mais rápido que o plástico, o sistema agirá como um gigante Pac-Man, passando pela superfície do oceano.

the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-02

Operação mira na Grande Porção de Lixo do Pacífico

A meta da operação é a Grande Porção de Lixo do Pacífico, uma concentração de resíduos plásticos que contém pelo menos 79.000 toneladas de material espalhadas por 1,6 milhão de quilômetros quadrados – e que não para de crescer. Localizado no meio do caminho entre a Califórnia e o Havaí, o patch supostamente contém 1,8 trilhão de peças de plástico e cobre uma área equivalente aos territórios de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo somados.

Inicialmente, o sistema navegará a 240 milhas náuticas da costa por 14 dias de testes em sua configuração em forma de U. A equipe terá então a opção de voltar se os testes não forem bem-sucedidos.

Mas a esperança é que eles continuem a 1.200 milhas náuticas em direção ao lixo, onde a limpeza real começará.

the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-04

Plástico coletado será devolvido em seis meses

Segundo a Ocean Cleanup, os primeiros lotes de plástico serão devolvidos ao solo em seis meses. Então, os resíduos serão reciclados e transformados em produtos que podem ser vendidos para ajudar a financiar operações futuras.

As trilhas de reboque foram concluídas a 50 milhas náuticas da costa no início deste ano, quando a barreira foi implantada em 120 metros de comprimento.

Centenas de testes em escala, uma série de protótipos, expedições de pesquisa e várias repetições levaram a Ocean Cleanup a ter confiança suficiente em sua tecnologia para lançar seu primeiro sistema de limpeza em larga escala.

Durante a missão atual, que é vista como uma iniciativa de prova de conceito, dados de desempenho serão coletados para verificar quaisquer melhorias de design que possam ser feitas para implantações futuras. O navio Maersk Launcher também permanecerá como uma base de observação para o projeto por várias semanas.

“O sistema está equipado com sensores, câmeras e luzes de navegação acionadas por energia solar e por satélite para comunicar a posição do System 001 ao tráfego marítimo e permitir um monitoramento abrangente do sistema e do meio ambiente,” disse a Ocean Cleanup em seu anúncio.

the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-03

Projeto será expandido se bem sucedido

O sistema foi proposto pela primeira vez pelo engenheiro holandês Boyan Slat em 2013 e foi finalista do prêmio Design do Ano de 2015. Agora, fundador e CEO da Ocean Cleanup, Boyan atingiu sua meta de iniciar as operações em 2018.

“O lançamento é um marco importante, mas a verdadeira comemoração virá assim que o primeiro plástico retornar à costa,” disse Boyan. “Por 60 anos, a humanidade tem colocado plástico nos oceanos; a partir desse dia, vamos retirá-lo de lá.”

Se esse primeiro sistema for bem-sucedido e o financiamento for disponibilizado, até mais 60 sistemas poderão ser enviados para a Grande Porção de Lixo do Pacífico nos próximos dois anos.

“A Ocean Cleanup prevê que a frota completa pode remover metade do plástico da Grande Porção de Lixo do Pacífico dentro de cinco anos,” disse a organização. “Isso está de acordo com o objetivo final da Ocean Cleanup: reduzir a quantidade de plástico nos oceanos do mundo em pelo menos 90% até 2040.”

the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-08
the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-07
the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-06
the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-05
the-ocean-cleanup-operacao-oceano-pacifico-inovasocial-01

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail