Acesso à energia: os principais desafios e oportunidades para empreender dentro do setor | Parte II

O acesso à energia de qualidade com baixo custo está diretamente relacionado ao atendimento das necessidades básicas e ao desenvolvimento social ligado à educação, saúde, crescimento econômico, segurança, oportunidades de trabalho e de renda. De áreas rurais às urbanas, a energia é essencial para a melhoria da qualidade de vida. Como resposta a essa demanda, uma nova geração de empreendedores tem investido em soluções inovadoras.

Para apoiar e inspirar o surgimento de novos negócios inovadores e com impacto social dentro da temática, a Artemisia conduziu um estudo inédito que aponta oportunidades para empreender no setor. O levantamento reúne os desafios enfrentados pela população de baixa renda no Brasil relacionados à energia e destaca oito oportunidades para o desenvolvimento de negócios que enderecem esses desafios de forma escalável.

No episódio #33 do Podcast do InovaSocial, conversamos com Victor Hugo Mathias, da Artemisia, sobre a Tese de Impacto Social em Energia, clique aqui para conferir. Na semana passada, a Parte I dessa publicação apresentou quatro da oito oportunidades identificadas pela Artemisia no estudo . Hoje, você confere mais quatro oportunidades para empreender dentro do setor.


Para ler a Tese de Impacto de Energia na íntegra, clique aqui.


Eficiência energética na gestão e equipamentos públicos

Possibilitar a qualificação da oferta pública, aumentando a eficiência energética, a qualidade da energia e reduzindo os custos.

São exemplos:

  • Ferramentas de gestão da oferta e demanda de energia consumida por serviços públicos;
  • Soluções para ampliação e qualificação da iluminação pública;
  • Soluções que permitam economia nos gastos de energia em iluminação de vias e demais serviços públicos;
  • Fontes alternativas de energia no transporte público.

Cidade Inteligente Social (Brasil): Projeto de cidade inteligente e socialmente inclusiva no Ceará com proposta de rede inteligente, eficiente e econômica a partir de energias renováveis.

Gram Power (Índia): Sistema Smart Microgrid instalação de infraestrutura de geração renovável local, combinado a um sistema de distribuição inteligente que endereça os principais desafios do acesso à energia confiável.

Cruze (Brasil): Instalação de sistemas fotovoltaicos em escolas públicas para economia de energia e realocação do recurso em demandas educacionais.


Energia para produção no campo

Possibilitar o acesso à energia acessível e de qualidade para fins de produção, focado principalmente no acesso do agricultor familiar a equipamentos e tecnologias que aumentem sua produtividade e renda.

São exemplos:

  • Fontes alternativas de baixo custo para geração de energia no campo;
  • Equipamentos produtivos e soluções de baixo custo que utilizem fontes de energias mais baratas e renováveis (bombeamento de água, refrigeração, processamento e acondicionamento de alimentos, entre outros).

Yak Tractors (Brasil): Trator de tração elétrica de baixo custo para agricultura com foco na maior produtividade e economia do pequeno produtor.

Green Social (Brasil): Tecnologia de baixo custo que utiliza dos resíduos da produção rural para geração de Bioetanol em comunidades rurais.

Godrej (Índia): Solução de refrigeração para necessidades básicas de famílias rurais de baixa renda e sem acesso à energia.


Meios de financiamento para acessos a serviços de energia não convencional

Viabilizar ao consumidor residencial, pequeno comércio e agricultor familiar de menor renda conectados ou não ao sistema, o acesso à energia não convencional a um custo compatível com sua realidade financeira.

São exemplos:

  • Soluções que ofereçam linhas de crédito com menor taxa de juros ao mês e com o máximo de cobertura do custo total do projeto para aquisição e/ou manutenção de equipamentos, reduzindo a necessidade de investimentos altos ou não previstos;
  • Fundo de crédito para viabilização de projetos de energia compartilhada.

IDEAAS (Brasil): Fundo para financiamento de Condomínios Solares, que opera por meio de microcrédito para oferecer equipamento, instalação e técnica para sistemas fotovoltaicos de baixo custo.

Solstar (Brasil): Concessão de crédito para investimento em geração solar, com o objetivo de democratizar o acesso e garantir a performance dos equipamentos instalados.

M-Kopa Solar (Quênia): Venda de sistemas de casa solar em um plano de pagamento acessível, com um depósito inicial seguido de pagamento diários por até um ano.


Capacitação e oportunidades para profissionais

Gerar oportunidades para pessoas de menor renda realizarem serviços de instalação, manutenção de energia não convencional em suas comunidades, promovendo geração de renda e desenvolvimento local.

São exemplos:

  • Cursos presenciais e online para capacitação e estímulo de novos profissionais no setor, sobretudo voltado à empregabilidade da população de menor renda.
  • Soluções que capacitem os consumidores de menor renda para a operação e manutenção de tecnologias em energias renováveis.

Agehab (Brasil): Instalação de sistemas fotovoltaicos em casas do Programa Minha Casa Minha Vida, capacitando os beneficiários para realizar a manutenção.

Nuru Light (Ruanda): Lanternas solares modulares que utilizam o potencial das próprias pessoas para produção de energia mecânica como “geradora a pedal”, com o fomento ao empreendedorismo local.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail