Green Villa: o prédio que proporcionará uma “terapia verde” no meio da cidade

Desde sempre, falamos aqui no InovaSocial sobre os benefícios das plantas para pessoas, cidades e para a biodiversidade que as cerca. Elas não apenas servem como filtros de ar naturais, absorvendo toxinas prejudiciais do oxigênio que inalamos, mas também nos deixam mais felizes. Um estudo realizado no Japão notou que a “terapia florestal” diminuiu os níveis de cortisol, a pressão arterial e a frequência cardíaca dos participantes. E pesquisadores dinamarqueses concluíram que crianças que crescem cercadas por vegetação são 55% menos suscetíveis a desenvolver problemas de saúde mental na adolescência e na fase adulta.

green-villa-mvrdv-arquitetura-sustentabilidade-inovacao-social-inovasocial-04

Recentemente, em um esforço para preencher cidades com mais espaços verdes, arquitetura e urbanismo, o MVRDV divulgou projetos do Green Villa, uma torre que ficará à margem do Rio Dommel, na vila holandesa de Sint-Michielsgeste.

Imaginada como um escritório híbrido e edifício residencial, o Green Villa terá uma fachada completamente coberta por plantas. O térreo do edifício abrigará os escritórios da Stein, uma incorporadora imobiliária, e os próximos três andares são reservados para os apartamentos. A construção do Green Villa está prevista para começar em 2020.


Leia também: “Os benefícios dos jardins verticais para as cidades”


O MVRDV é um escritório de arquitetura conhecido por usar a sustentabilidade como parte central de seus projetos. Dentre suas propostas, há um prédio de apartamentos parisiense que funciona como estufa e um projeto para uma cidade feita de prédios em forma de colina. Se concretizado, o Green Villa será o primeiro projeto da empresa a apresentar plantas embutidas no próprio edifício.

Em um esforço para educar o público (e os futuros inquilinos do Green Villa) sobre sustentabilidade, este prédio verde também abrigará uma biblioteca de plantas e árvores, com o nome e perfil de cada espécie de planta em destaque. A água da chuva armazenada será reciclada para regar as plantas da fachada durante todo o ano.

O Green Villa não é a primeira construção a incorporar plantas em sua arquitetura. Outros edifícios cheios de plantas surgiram nos últimos anos, em lugares como Milão e Suíça. Essas selvas verticais, que abrigam mais de 100 espécies de plantas e são cobertas por jardins de telhado verdejantes, indicam um futuro brilhante à frente para a terapia florestal em meio à selva de concreto.

green-villa-mvrdv-arquitetura-sustentabilidade-inovacao-social-inovasocial-02

green-villa-mvrdv-arquitetura-sustentabilidade-inovacao-social-inovasocial-03

green-villa-mvrdv-arquitetura-sustentabilidade-inovacao-social-inovasocial-01

__

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail