Contagem regressiva para a 7ª edição da Virada da Mobilidade

Desde 2012, a cidade de São Paulo recebe a Virada da Mobilidade com o objetivo de mobilizar a população a participar de atividades e atrações que evidenciam a importância da locomoção de pessoas nos grandes centros urbanos, de forma inteligente e mais sustentável. A próxima edição, que também será realizada no ABC e Niterói (RJ), acontecerá de 17 a 23 de setembro na capital paulista e de 18 a 25 no Rio de Janeiro.

A programação em São Paulo integra debates sobre mobilidade, um desafio multimodal, concurso de fotografias de espaços urbanos, ações com crianças no museu Catavento, além do fechamento da Rua Maria Antônia na sexta-feira, véspera do dia mundial sem carro.

“Comemorar o dia mundial sem carro na Maria Antônia é especial por várias razões. Além de ser um marco histórico e hoje reunir grandes e importantes centros de estudo e de Formação como o Mackenzie, USP, Sesc, Senai é a ligação do bairro ao centro da cidade e palco de resistência e de inovação. Neste sentido, é o lugar ideal para chamar atenção de que a mobilidade é uma questão social, e que as soluções serão sempre plurais. Conto com muita participação das pessoas,” destaca Luiza de Andrada e Silva, diretora do Instituto Cidade em Movimento.

A solução do desafio da mobilidade das grandes cidades passa pela multimodalidade, destaca o idealizador do evento, Márcio Henrique Nigro, CEO do Caronetas. “A oferta de transportes alternativos tem aumentado a cada dia, mas é preciso conectar os transportes de maneira inteligente, priorizando o transporte de alta densidade nas regiões onde ele é mais eficiente e escolhendo as alternativas mais convenientes e sustentáveis na primeira e última milha,” afirma.

O Desafio Multimodal foi concebido para estimular a alternância de modais dentro do mesmo percurso e será realizado no dia 19 de setembro, no ABC. Pela primeira vez, os percursos terão sempre como ponto de chegada o próximo evento da programação do dia. Os participantes poderão experimentar transportes alternativos e aplicar a alternância de modais no percurso, comparando tempos de deslocamento, oferta de transportes e as condições do percurso. As modalidades, além dos tradicionais, incluem veículos elétricos, skate elétrico, bicicletas elétricas, e transporte compartilhado,

De 18 a 23 de setembro, as crianças entre 5 e 10 anos poderão participar de atividades gratuitas no museu Catavento, em parceria com a Fundación MAPFRE. Trata-se do programa Na Pista Certa, que proporcionará vivências lúdicas e pedagógicas sobre educação no trânsito em um espaço cenográfico com estrutura modular e itinerante. As atividades têm a duração de aproximadamente 50 minutos e conseguem atender cerca de 30 crianças simultaneamente. O Na Pista Certa conta com a participação de monitores que apresentam conteúdos de segurança viária e valores como o respeito ao próximo e ao meio ambiente. As crianças participam de atividades que promovem comportamentos e atitudes responsáveis e cívicas em relação ao trânsito, visando mostrar os diferentes pontos de vista: motorista, passageiro, pedestre e ciclista, entre outros atores do trânsito.

A Virada da Mobilidade é uma realização do Caronetas, do Instituto Cidade em Movimento e da Scipopulis, com apoio institucional da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da Fundación MAPFRE além de contar com diversas empresas e organizações que apoiam o evento. Mais informações podem ser conferidas no site do evento, aqui.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail