ODS nº 03: Conheça 9 projetos com foco na saúde e no bem estar do ser humano

No texto de hoje, falaremos sobre o ODS nº 03 – Saúde e Bem Estar. De acordo com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), “Desde os ODM foram registrados progressos históricos na redução da mortalidade infantil, na melhoria da saúde materna e na luta contra o HIV/Aids, a tuberculose, a malária e outras doenças. Em 15 anos, o número de pessoas infectadas pelo HIV anualmente caiu de 3,1 milhões para 2 milhões e mais de 6,2 milhões de vidas foram salvas da malária.

Apesar do progresso, as doenças crônicas e aquelas resultantes de desastres continuam a ser os principais fatores que contribuem para a pobreza e para a privação dos mais vulneráveis. Atualmente, 63% de todas as mortes do mundo provêm de doenças não transmissíveis, principalmente cardiovasculares, respiratórias, câncer e diabetes. Estima-se que as perdas econômicas para os países de renda média e baixa provenientes destas doenças ultrapassaram US$ 7 trilhões até 2025.”

Você pode conferir as metas do objetivo nº 03 neste link.

As metas do ODS 3 englobam uma variedade de áreas, e não fala apenas sobre saúde física, mas sim mental. E, para alcançá-los, é preciso de um esforço de todos os setores. Confira agora 9 projetos que tem como objetivo melhorar questões acerca de saúde física e mental humana:

zipline-tanzania-drones-inovasocial

  • Zipline

Manter um estoque suficiente de medicamentos pode ser um grande desafio para alguns países, especialmente se estamos falando de um país grande e com pouca infraestrutura. Esse é o caso da Tanzânia, na África Oriental, que é incapaz de atender às necessidades de alguns de seus postos de saúde.

A partir desse problema, um projeto está usando drones para levar não só medicamentos, mas também esperança, a um país onde a assistência médica sofre com tantos problemas. Projetados pela empresa californiana Zipline, os drones levam medicamentos, sangue e vacinas duas vezes ao dia para 1.000 unidades médicas em toda a Tanzânia.


Para conhecer o projeto, clique aqui.


uam-universal-anesthesia-machine-anestesia-medicina-inovasocial-destaque

  • Gradian Health Systems

Para muitos hospitais em zonas rurais de países em desenvolvimento, depender de energia elétrica para seguir salvando vidas pode não ser algo tão simples e confiável quanto é nas grandes cidades. A energia pode ficar instável durante o dia ou simplesmente ser cortada por horas – e até mesmo dias – sem aviso prévio. E, se uma queda de energia acontece durante uma cirurgia, o preço desse problema pode ser a vida de uma pessoa.

Mas um dispositivo inovador chamado Universal Anesthesia Machine (ou apenas “UAM”), da ONG Gradian Health Systems, vem permitindo que profissionais de saúde que atuam em países como Malawi, Serra Leoa e Zâmbia possam administrar anestesia sem eletricidade, ajudando a salvar a vida dos pacientes nesse processo.


Saiba mais sobre a Universal Anesthesia Machine, clique aqui.


tango-app-veteranos-inovasocial

  • Bravo Tango

A realidade que um veterano de guerra enfrenta ao voltar para casa muitas vezes pode ser um cenário quase tão duro quanto o que se enfrenta na guerra. Uma grande parcela de veteranos precisa lidar com stress, insônia, dor, raiva, solidão e ansiedade, após prestar serviço militar.

Outra grande preocupação é a taxa e suicídio entre esses veteranos. Em 2014, foi registrada uma média de 20 suicídios cometidos diariamente, e, de todos os adultos que se suicidaram nos EUA nesse ano, 18% eram veteranos de guerra; o que é um número muito significativo, já que veteranos representam apenas 8,5% da população americana.

Considerando todos esses fatos, surgiu o Bravo Tango Brain Training, um aplicativo de meditação criado especialmente para veteranos, com a orientação de um ex-psicólogo da Força Aérea Americana. O aplicativo usa a voz do Google Assistente e ajuda a reduzir o stress por meio de instruções de meditação, respiração e atenção plena (termo também conhecido como mindfulness).


Conheça o Bravo Tango clicando aqui


soy1soy4-conhecimento-ciclo-menstrual-destaque

  • Soy1Soy4

A primeira comunidade educativa sobre o ciclo menstrual nasceu na Espanha e mulheres de mais de 20 países participam dela. O projeto Soy1Soy4 é uma rede social desenvolvida para falar sobre o assunto e foi criada por Erika Irusta, que é provavelmente a única pedagoga menstrual do mundo. O projeto de Erika conta com sessões online, newsletters, materiais pedagógicos e uma comunidade de mais de 5 mil mulheres.

Para fazer com que as mulheres conheçam melhor as sua biologia que muda o tempo todo, Erika fala das quatro fases do ciclo menstrual: a fase menstrual, a fase pré ovulatória, a fase ovulatória e a fase pré menstrual. Em cada um desses momentos, o corpo feminino funciona e reage de formas diferentes e o primeiro passo para entender seu corpo é saber o que está acontecendo dentro de si a cada dia.


Para saber mais sobre o Soy1Soy4, clique aqui.


escola-das-maes-santos-tellus-inovasocial

  • Escola das Mães

Nascido como uma iniciativa do grupo Tellus, o projeto Escola das Mães visa reduzir a mortalidade infantil e ajudar mães de “primeira viagem” nos desafios da maternidade. Através de aulas práticas e um aplicativo de apoio, as mães discutem tópicos como, por exemplo, as mudanças corporais na gestação, o primeiro banho do bebê e entre outros temas relacionados à maternidade. Segundo o grupo Tellus, apesar dos esforços governamentais, a mortalidade infantil não diminuiu nos últimos anos e o problema não está na infraestrutura, mas na qualidade e quantidade de informações que as novas mães possuem no período de pré e pós nascimento.

O projeto, que utiliza de ferramentas e metodologias de design thinking, nasceu após uma pesquisa realizada pelo Departamento de Saúde de Santos, que afirmou que a maioria das unidades locais de saúde não possui nenhum tipo de grupos educacionais. Já as que possuem, ou não são organizadas com diretrizes básicas, ou possui material desatualizado.


Clique aqui e saiba mais sobre o projeto Escola das Mães.


paperfuge-manu-parakash-inova-social

  • Paperfuge

Paperfuge é um dispositivo criado por Manu Prakash que funciona como uma opção manual para ser usada no lugar das centrífugas (usadas em hemogramas), para realizar exames de sangue em áreas rurais.

A invenção, que custa apenas US$ 0,20, pode alcançar 20.000 r.p.m., conseguindo separar o plasma do sangue em um minuto e meio; e detectando parasitas da malária em quinze minutos.

 


Para saber como o Paperfuge funciona e ver como ele está sendo aplicado mundo afora, clique aqui.


projeto-boa-sorte-gabriel-estrela-hiv-aids-inova-social

  • Projeto Boa Sorte

Em 2010, o brasiliense Gabriel Estrela tinha 18 anos e recebia o diagnóstico que mudaria sua história: descobriu que era portador do vírus HIV. Cinco anos depois, ele decidiu compartilhar sua história com o mundo e foi daí que surgiu o projeto Boa Sorte, uma iniciativa que atua nos eixos arte, informação e acolhimento para transformar a sociedade em um lugar melhor para quem vive ou convive com HIV.

O projeto é bem amplo, com ativações nas mídias sociais, na fotografia e também no teatro. Gabriel é cantor, ator, dramaturgo e diretor, e escreveu uma peça, de mesmo nome, que conta sua história – do diagnóstico até o momento em que começou a tomar antirretroviral (medicamentos usados para impedir a multiplicação do HIV no organismo). O musical foi viabilizado através de uma campanha de crowdfunding que somou 150 apoiadores e é algo muito importante dentro desse diálogo sobre HIV que o projeto se propõe a abrir, pois nós nunca sabemos quando a história de uma pessoa pode também mudar a vida de alguém.


Clique aqui e conheça o Projeto Boa Sorte.


lava-mae-projeto-chuveiro-sao-francisco-destaque

  • Lava Mae

São Francisco (EUA) é uma cidade que conta com cerca de 4.300 pessoas vivendo em situação de rua. Entre os muitos problemas que pessoas sem-teto enfrentam, a dificuldade de acesso a banheiros é um deles. São apenas 20 chuveiros para acomodar as milhares de pessoas.

Mas Doniece Sandoval, uma ex-executiva de marketing de 51 anos, decidiu que seria sua missão mudar este cenário. Pensando no quadro que ela testemunhava nas ruas de sua cidade diariamente, ela deu início ao projeto Lava Mae, uma espécie de chuveiro sobre rodas, que visa transformar os ônibus desativados na cidade em chuveiros para os sem-teto.


Conheça o Lava Mae clicando aqui.


the-faircap-filtro-agua-portatil-inovasocial-inova-social

  • FairCap

Apenas 1% da água do mundo é potável. E estima-se que 1 bilhão de pessoas não tenham acesso a água limpa. Anualmente, 4 bilhões de pessoas são infectadas e já ocorreram milhões de mortes causadas pelo consumo de água contaminada. A água potável vem se tornando cada vez mais escassa, ao ser contaminada não só por bactérias, mas também por resíduos químicos, pela agricultura e pela indústria. Por isso, não falamos apenas de países pobres, mas também dos ricos.

Tudo isso tem um grande impacto na saúde e na economia mundial, mas existem pessoas trabalhando para que este assunto se torne um algo simples. Faircap é um filtro d’água impresso em 3D, que custa US$ 1.

Imagine só: um pequeno filtro que, ao ser colocado em qualquer garrafa, permite que você beba a água de qualquer lugar; da torneira, de um lago, de uma poça de água… Agora, imagine também o que isso pode significar para uma família pobre na África.


Para conhecer mais sobre o FairCap, clique aqui.


Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail