O tamanho do mercado de e-sports e a ação social da Riot Games em League of Legends

Se você acha que os esportes eletrônicos (e-sports) são coisa de criança, acho que está na hora de rever velhos conceitos. De acordo com a SuperData Research, a audiência dos conteúdos relacionados a games inclui 665 milhões de pessoas e deve crescer 21% até 2021. Ainda de acordo com o estudo, são cerca de 100 milhões de horas de League of Legends e 40 milhões de horas de Counter Strick: Global Offensive no Twitch (plataforma de vídeo). Só nesta “brincadeira”, estamos falando de um mercado que movimenta US$ 4.6 bilhões anualmente.

Ainda acha pouco? No dia da estreia do Brasil na Copa, o Ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, recebeu – pela primeira vez – a final do ESL One, campeonato do circuito Major de Counter Strike: Global Offensive. Nas arquibancadas, 11.500 fãs acompanhavam a disputa. Já no online, durante os três dias de campeonato, o ESL One BH registrou mais de 43 milhões de sessões ativas, com um pico de 583 mil espectadores simultâneos. No total, mais de 7.5 milhões de horas de conteúdo foram consumidas online.

Também no Mineirinho, a final de League of Legends (LoL), em setembro de 2017, além do público no ginásio, o evento teve transmissão online, na tv, fanfests e nos cinemas, com mais de 2.6 milhões de telespectadores. Para quem não faz ideia do que é o LoL, é um jogo online, onde a finalidade de cada time é chegar à base do adversário, mas antes é necessário conquistar vários objetivos no meio do caminho, derrubando torres, destruindo monstros e até mesmo combatendo inimigos.

E o que isso tem a ver com inovação social? Tirando a parte que você já entendeu que os e-sports movimentam um mercado gigantesco, a Riot Games tem feito uma ação social bem interessante.

A Riot Games, criadora de League of Legends (LoL), faz parte da Tencent Holdings. Confira aqui o texto “Quem é a Tencent e por que os brasileiros precisam conhecê-la?”, do InovaSocial.

Os jogadores de League of Legends estão acostumados com lançamentos de “skins” para personalizar seus Campeões e tornar o jogo ainda mais competitivo e divertido, mas, desta vez, adquirir uma roupagem para os personagens terá um significado diferente. Isso porque a Riot Games, produtora e distribuidora do LoL, anunciou a skin Cho’Gath Estrela Negra, cujo valor arrecadado com sua venda será destinado para mais de 20 organizações sem fins lucrativos em todo o mundo. No Brasil, a instituição escolhida foi a Fundação Gol de Letra.

Cho’Gath Estrela Negra é uma skin muito especial para a Riot Games, pois – ao contrário das demais skins do jogo, desenvolvidas pela produtora – ela foi criada por Bryan, um garoto americano de 18 anos e apaixonado por LoL. A oportunidade surgiu por meio da Make-A-Wish, uma instituição internacional que realiza sonhos de crianças portadoras de doenças graves.

O sonho do Bryan era conhecer a equipe da Riot Games e desenvolver uma skin com os profissionais. Em março de 2017, o desejo foi realizado. Quando a skin ficou pronta, a equipe de criação da empresa gostou tanto do resultado que resolveu divulgar o projeto globalmente para os jogadores e ainda ajudar as ONGs ao redor do mundo.

A skin estará à venda entre os dias 13 de julho e 11 de agosto dentro do jogo League of Legends. A Fundação Gol de Letra, organização criada pelos tetracampeões de futebol Raí e Leonardo, com o objetivo de contribuir com a educação de crianças e jovens de comunidades socialmente vulneráveis, vai receber o valor arrecadado pelos jogadores brasileiros de LoL.

A Riot Games vai doar US$ 10 mil para cada organização caso a venda da skin não ultrapasse esse valor. A doação será feita por meio da GlobalGiving, organização que conecta doadores com projetos de base em todo o mundo.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail