O café que tem uma equipe de robôs controlados remotamente por pessoas com deficiência

Inspirado no café do anime Time of Eve (2008) – onde robôs e humanos interagem como iguais –, um novo café surgiu em Tóquio, composto por robôs que são controlados remotamente por pessoas com deficiências físicas graves. O café, que tem o nome de DAWN ver.β, utiliza cinco garçons robô, que recebem ordens e servem os clientes. Os robôs controlados por rádio de alta tecnologia são projetados para que pessoas com deficiências, lesões na medula espinhal ou doenças como ELA (Esclerose lateral amiotrófica) possam operá-los diretamente de suas casas.

cafe-dawn-robos-inovacao-social-inovasocial-gif-min

Desenvolvido pela Ory, uma startup especializada em robótica para pessoas com deficiência, o OriHime-D é um robô de 120 cm de altura que pode ser operado remotamente. Mesmo que o operador tenha apenas o controle de seus olhos, eles podem comandar o OriHime-D para se mover, olhar em volta, falar com as pessoas e manipular objetos.

A ideia desse projeto é ajudar a colocar as pessoas que ficam em casa de volta à força de trabalho, oferecendo empregos de meio período e salário mínimo (1.000 ienes por hora) e alguma independência também. O objetivo é fazer com que isso dê às pessoas tradicionalmente marginalizadas da força de trabalho uma maneira de se envolverem ou, pelo menos, de lhes dar algo um pouco diferente para fazer em seu tempo livre.

“Os robôs permitem o trabalho físico e a participação social”, disse Kentaro Yoshifuji, CEO da Ory Lab.

Esta interação do café foi apenas temporária e está se encerrando hoje, 7 de dezembro, mas os idealizadores do projeto esperam lançar um café permanente antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, em 2020, e encontrar novas maneiras de promover a assistência de emprego para pessoas com deficiência.

Em uma era em que “os robôs estão roubando nossos empregos“, é muito interessante ver o contrário acontecendo: robôs dando empregos às pessoas, especialmente de uma forma tão significativa.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Deixe uma resposta

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail