Conheça a Vitalk, uma ferramenta que oferece soluções para problemas de saúde emocional

Dados divulgados recentemente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que 9,3% da população brasileira sofre de transtorno de ansiedade, o que significa quase três vezes mais que a média mundial. O número de funcionários afastados por problemas de saúde emocional também tem aumentado e a procura por consultas psiquiátricas cobertas pelos planos saltou de 2,9 milhões em 2012 para 4,5 milhões em 2017, segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS). Diante deste cenário, a TNH Health, já conhecida pelas soluções ligadas à saúde, desenvolveu um novo produto, a Vitalk.

A partir de um programa de perguntas e respostas elaborado por um time de comunicadores e profissionais da saúde, em constante atualização, a Inteligência Artificial foi utilizada para a criação de uma assistente virtual, a Viki, que irá estabelecer uma rotina de conversas com os usuários. A ideia é muito simples: conversar com pessoas a qualquer distância, tirando dúvidas, provendo informação e auxiliando em tratamentos.

Por enquanto, a ferramenta está em funcionamento pelo Facebook Messenger, mas o lançamento do aplicativo está previsto para julho. Falando sobre esses temas, o objetivo é contribuir para uma vida mais saudável e atender um número de pessoas que não seriam comportados pelos profissionais existentes.

“Não é uma substituição da consulta médica, mas uma forma de lidar com questões do dia-a-dia que acabam não chegando aos consultórios”, explica Kapps.

E um grande diferencial da solução é que o atendimento é ativo e não apenas receptivo, a conversa é iniciada pela Viki em alguns dias da semana com perguntas como: “Como você está se sentindo hoje” ou “Vamos retomar a reflexão de ontem”, que aproximam o usuário e resultam em confiança para um melhor aproveitamento.


Para conversar com a Viki, clique aqui.


Para as empresas, a ideia é oferecer o produto como um benefício aos funcionários. Para além da comunicação diária, um relatório comportamental e avisos em casos de doenças que precisem de tratamento imediato serão disponibilizados aos gestores. No Brasil hoje, as doenças de saúde mental estão entre as campeãs de afastamentos do trabalho e as empresas ainda estão engatinhando no processo de entendimento sobre o aumento de enfermidades como depressão e ansiedade.

Alguns ambientes de trabalho já contam com programas de meditação e assistência para luto, endividamento e doenças psicológicas, por exemplo, e a Vitalk nasce com o objetivo de reunir todas essas medidas numa ferramenta só, amparada pela tecnologia, propondo exercícios individualmente, já que as conversas acontecem especificamente com cada funcionário.

O atual cenário econômico e político do país também está entre as causas do aumento nas crises emocionais. Segundo dados da ANS (Agência Nacional de Saúde), o número de consultas psiquiátricas cobertas pelos planos saltou de 2,9 milhões em 2012 para 4,5 milhões em 2017. Além de diminuir o número de afastamento do trabalho, a Vitalk tem em sua origem a prevenção, o que significa ainda a possível diminuição nos gastos dos planos de saúde e da Previdência Social.

“Antecipar problemas de saúde mais graves e diminuir a procura por medicação podem causar impactos diretos na sociedade”, completa Michael Kapps.

__

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Deixe uma resposta

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail