Starbucks terá sua primeira loja para surdos e deficientes auditivos nos EUA

A Starbucks está se preparando para abrir sua primeira “Signing Store” nos EUA (Loja de Sinais, em tradução livre), em Washington, DC. A inauguração da loja está prevista para outubro e o objetivo do projeto é fazer com que a Starbucks se conecte melhor com as diversas comunidades que ela atende.

A nova loja ficará localizada em uma das regiões mais acessíveis para surdos no centro de Washington, próxima à Universidade Gallaudet, a única universidade do mundo cujos programas são desenvolvidos para pessoas surdas. O projeto conta com uma equipe liderada por funcionários e parceiros surdos e deficientes auditivos, que estão trabalhando para que a loja proporcione uma experiência de compra diferenciada para todos os clientes, ao mesmo tempo em que oferece um formato de loja exclusivo que promove a acessibilidade e oportunidades de emprego / promoção de carreira para surdos e deficientes auditivos.

“A Associação Nacional dos Surdos aplaude a Starbucks por abrir uma loja que emprega surdos e deficientes auditivos,” diz Howard A. Rosenblum, CEO da Associação Nacional dos Surdos dos EUA. “A Starbucks adotou uma abordagem inovadora para se aproximar da cultura dos surdos, e isso irá aumentar as oportunidades de emprego, bem como a acessibilidade para surdos e deficientes auditivos, ao mesmo tempo que educa e ensina a sociedade.”

Criando novas oportunidades com a comunidade surda

A Starbucks contratará entre 20 e 25 surdos, deficientes auditivos e ouvintes para trabalhar na Signing Store, com a exigência de que todos sejam proficientes na Linguagem Americana de Sinais (ASL). Para a empresa, a ideia é que esta equipe ajude a atrair e desenvolver talentos, além de aumentar a conscientização e compreensão da experiência dos surdos na força de trabalho, incluindo oportunidades de carreira na própria Starbucks e fora dela.

Desenvolvendo a primeira Signing Store dos EUA

starbucks-signing-store-loja-surdos-deficientes-auditivos-inovasocial

A ideia de abrir uma Signing Store nos EUA foi inspirada por uma outra loja da Starbucks com o mesmo modelo, inaugurada em Kuala Lumpur, na Malásia, em 2016. Um grupo de funcionários da Starbucks nos EUA expressaram interesse em criar uma experiência similar em seu país, e, em julho de 2017, essa equipe viajou para a Malásia para entender as modificações que deveriam ser feitas no design e também a fim adquirir conhecimento para criar a melhor experiência de loja possível para clientes surdos e com deficiência auditiva nos EUA.

A loja contará com obras de arte exclusivas e uma caneca personalizada projetada por um artista surdo, além de uma variedade de aprimoramentos para melhorar a experiência do cliente e funcionário surdo e com deficiência auditiva. Os baristas surdos terão aventais com ilustrações em ASL bordados por um fornecedor surdo, e os funcionários ouvintes que se comunicam em linguagem de sinais terão um pin sinalizando isso. A loja também contará com um ambiente aberto para comunicação e superfícies reflexivas de baixo brilho.

A primeira Signing Store da Starbucks nos EUA estará localizada na esquina da 6th Street com a H Street, em Washington, DC (EUA), e deve abrir suas portas ao público no início de outubro. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo:

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br.

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail