Nossa seleção de TEDs sobre Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial não é mais algo que apenas encontramos na Ficção Científica, mas que também faz parte de nossa realidade. Robôs estão sendo usados das mais diversas formas e hoje trazemos aqui uma seleção de TEDs que falam sobre como o ser humano pode trabalhar em conjunto com a Inteligência Artificial hoje e também em um futuro muito próximo.

Confira nossa playlist abaixo (todas as apresentações possuem legendas em português):

  • Tom Gruber: Como a inteligência artificial pode melhorar nossa memória, nosso trabalho e nossa vida social

Nossas máquinas podem nos tornar inteligentes? Tom Gruber, cocriador da Siri, quer criar uma “IA humanística”, que nos aprimore e colabore conosco, em vez de nos substituir ou competir conosco. Ele compartilha a visão dele para um futuro no qual a inteligência artificial nos ajuda a alcançar o desempenho sobre-humano na percepção, criatividade e função cognitiva, desde turbinar nossas habilidades de design até nos ajudar a lembrar de tudo o que já lemos e do nome de todos que já conhecemos. “Estamos no meio de um renascimento da IA”, diz Gruber. “Toda vez que uma máquina fica mais inteligente, nós ficamos mais inteligentes”.


  • Sam Harris: É possível construir inteligência artificial sem perder o controle?

Tem medo de inteligências artificiais? Pois deveria, diz o filósofo e neurocientista Sam Harris; e não apenas na teoria. Vamos construir máquinas sobre-humanas, afirma Harris, mas ainda não sabemos lidar com os problemas associados à criação de algo que vai nos exterminar, assim como nós exterminamos formigas.


  • Nick Bostrom: O que acontece quando os computadores ficam mais inteligentes do que nós?

A inteligência artificial está se tornando cada vez mais capaz a passos largos: segundo pesquisas, neste século, um computador com inteligência artificial poderia ser tão “esperto” como um ser humano. E então, afirma Nick Bostrom, ele vai nos ultrapassar: “A inteligência das máquinas será a última invenção que a humanidade precisará fazer.”. Filósofo e tecnólogo, Bostrom pede para pensarmos sobre o mundo que estamos construindo agora, impulsionado por máquinas pensantes. Será que nossas máquinas inteligentes vão nos ajudar a preservar a humanidade e nossos valores; ou será que terão seus próprios valores?


  • Robin Hanson: O que aconteceria se carregássemos nossos cérebros em computadores?

Conheça os “ems” – máquinas que copiam o cérebro humano e podem pensar, sentir e trabalhar assim como os cérebros dos quais são copiados. O cientista futurista e social Robin Hanson descreve um futuro possível quando “ems” dominariam a economia mundial, operando em computadores super-rápidos, copiando-se para múltiplas tarefas, deixando humanos com uma única escolha: aposentar-se para sempre. Observem um futuro estranho quando Hanson descreve o que aconteceria se robôs dominassem a Terra.


  • Garry Kasparov: Não tenha medo de máquinas inteligentes. Trabalhe com elas

Devemos enfrentar nossos temores se queremos tirar o máximo proveito da tecnologia… e devemos derrotar esses temores se queremos tirar o máximo proveito da humanidade, diz Kasparov. Um dos maiores jogadores de xadrez da história, Kasparov perdeu uma memorável partida para o supercomputador Deep Blue da IBM em 1997. Ele agora compartilha sua visão para um futuro no qual máquinas inteligentes nos ajudem a realizar nossos sonhos.

 

__

Gostou da playlist e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail