Troque-Troque: Supermercado consciente no meio da floresta Amazônica

Imagine trocar plástico por alimentos. Este é o objetivo de uma iniciativa no coração da floresta Amazônica, o Troque-Troque. Idealizado por Benki Piyãko, chefe espiritual dos índios Ashaninka, tribo que ocupa a região da fronteira entre Brasil e Peru, e com apoio da fundação House of Indians, o projeto visa o recolhimento e reciclagem de resíduos plásticos e alumínio que são descartados pela floresta.

Assim como nos mares, o plástico e outros resíduos também são problemas crônicos nos rios amazônicos. Segundo o projeto, ameaças exteriores, tais como a desflorestação, exploração mineral e a exploração florestal ilegal, introduzem toneladas de produtos plásticos nas zonas mais remotas da Amazônia. Infelizmente as políticas de reciclagem são raras em regiões rurais e de floresta, na maioria do tempo por falta de estrutura e apoio.

Cada quilo equivale a R$0,50. Se o material estiver limpo e amassado, o cliente recebe uma bonificação de 20%.

As comunidades indígenas da região são atores essenciais na proteção da Amazônia, por isso, pensando em solucionar (ou, pelo menos, amenizar) o problema e conscientizar as comunidades indígenas, chefe Piyãko desenvolveu o projeto que funciona na vila de Marechal Thaumaturgo e tem um sistema bem simples: Clientes do Troc-Troc, supermercado consciente da cidade acreana, podem usar plástico e alumínio como moeda para pagar suas compras (cada quilo equivale a R$0,50). Se o material estiver limpo e amassado, o cliente recebe uma bonificação de 20% no valor total.

O projeto, que nasce como piloto, pretende construir uma rede de pontos de reciclagem em diferentes aldeias da região, criando uma política ecológica e levando práticas e valores de reciclagem para comunidades sem estrutura. Para garantir a infraestrutura básica e garantir o funcionamento do supermercado, o projeto está buscando US$ 55.000 em arrecadações via Generosity, ferramenta de doações do Indiegogo, uma das maiores plataformas de crowdfunding.

___

Gostou do texto e quer fazer parte da nossa comunidade? Envie uma sugestão de pauta, um texto autoral ou críticas sobre o conteúdo para contato@inovasocial.com.br

Receba conteúdo exclusivo

Para não perder os próximos conteúdos do InovaSocial e receber materiais exclusivo em seu e-mail, assine agora a nossa newsletter.
Insira o seu e-mail